Fiscais de serviços públicos e de obras de Quixadá paralisam atividades por falta de salário

seduma_fiscalizacao

Sindicato sugeriu que todos os funcionários façam acampamento na Prefeitura Municipal em protesto.

Os fiscais de serviços públicos e de obras, vinculados a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Quixadá-Seduma, estão paralisados por falta de pagamento e condições de trabalho. O anuncio foi feito durante audiência, com a presença do secretário de finanças, na Câmara dos Vereadores.

Segundo o fiscal Henrique Jorge, todos os prestadores de serviços da Seduma receberam o pagamento referente ao mês de junho, deixando os concursados sem salário. A previsão será para o dia 30/07, contabilizando assim dois meses de salários atrasados.

Indignados com a situação, os fiscais de serviços públicos e de obras resolveram paralisar as atividades, até que seja sanada a questão financeira.

{module [270]}

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Quixadá, Neiva Esteve, denunciou que outras categorias estão na mesma situação.

A sindicalista Luciene Oliveira sugeriu, que todos os funcionários façam acampamento na Prefeitura Municipal em protesto, caso até o dia 20 não seja quitado o atrasado.