Vice-prefeita de Choró Gláucia Rodrigues rompe com gestão desastrosa de Marcondes Jucá

Região Central: Depois da derrota sofrida por Marcondes Jucá em votação de seus projetos na última sessão da Câmara de vereadores de Choró, prefeito ouve verdades duras advindas da vice-prefeita desse município e de seu esposo, o ex-vereador Silvino Rodrigues.

Marcondes Jucá tem acumulado desastres administrativos em sua gestão e tem ganhado a aversão da população de Choró, que cada dia está mais insatisfeita com a situação caótica que o prefeito tem colocado o município.

Diante de tantas queixas populares, denúncias em redes sociais e na rádio local, a população se perguntava o porquê da ausência da vice-prefeita nas atividades da gestão. Em resposta ao requerimento do presidente da Câmara, vereador Fabiano Cabral, Glaucia Rodrigues compareceu na sessão da terça-feira(12), para prestar esclarecimentos aos vereadores e a população.

Choro_Marcondes_eleito
Marcondes Jucá e a vice Gláucia Sousa (foto: Divulgação)

Gláucia Rodrigues argumentou que nos primeiros meses da gestão, comparecia a prefeitura e que tentou contribuir, mas não foi lhe dada oportunidade de trabalhar e que Marcondes Jucá nunca a convidou para conversar sobre os problemas internos da Prefeitura. Contudo, a vice-prefeita em suas palavras disse que, “não achava justo ficar em sua casa e receber um seu salário e sem fazer nada pelo município” e por isso ainda insistia em tentar fazer algo pelo povo que a ajudou a elegê-la. Glaucia ainda relatou a humilhação que sofria do prefeito: “quando ele passava por mim várias vezes se fazia de conta que eu não era nada, assim como ele fazia com as pessoas que procuravam para que ele resolvesse seus problemas”. Ainda argumentou a vice-prefeita que “não tinha autonomia se quer para resolver um problema por mais simples que fosse”.

Diante de toda a situação humilhante que passou, Gláucia resolveu se afastar da gestão e hoje o sentimento que ela tem é de “revolta e indignação”, tanto com o que o prefeito fez com ela, como com o que ele faz com o povo. A vice-prefeita encerrou sua fala dizendo que o problema de Choró “não é falta de dinheiro, é falta de gestão”.

Diante de suas palavras, nenhum vereador da bancada do prefeito quis questionar Gláucia Rodrigues. Em seguida, o presidente Fabiano Cabral passou a palavra ao ex-vereador Silvino Rodrigues que fez uma declaração firme e segura a respeito da administração do prefeito Marcondes Jucá.

Tags: