Professores do município de Canindé permanecem em greve por falta de salário

Os professores de Canindé permanecem mobilizados em defesa de seus direitos. Na manhã da última terça-feira (19), foi realizada mais uma passeata saindo da sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé-SINDSEC até o pátio do Paço Municipal. Os grevistas reivindicam da prefeitura o pagamento dos salários do mês de agosto.

Com as atividades escolares paralisadas, os professores estão mobilizados e saem às ruas para mostrar à sociedade a situação que está sendo enfrentadas por falta de pagamento.

 De acordo com as informações do SINDSEC, a mobilização dos servidores grevistas fez com que uma comissão fosse recebida pela secretária de Educação, onde foi colocado que o Governo espera receber os 30% dos 60% do precatório do FUNDEF para poder garantir o pagamento desses profissionais, caso isso não ocorra, os professores poderão continuar recebendo seus vencimentos por distrito, como ocorreu no mês passado.

Em entrevista coletiva concedida imprensa na manhã desta terça-feira (19), a prefeita Rozário Ximenes, disse que “a greve é inconstitucional” e fez criticas a paralisação dos profissionais.  A gestora também está esperando a liberação dos recursos do FUNDEF, para atualizar o pagamento dos professores.

Do site Canindé News!