Eleições 2020: TRE fecha acordo com cidades do interior para proibir carreata e comício

Carreatas começam a ficar definitivamente proibidas em algumas cidades (Foto: J. Nobre)

Por causa da pandemia provocada pelo coronavírus os eventos políticos este ano estão incertos. Apesar das recomendações das autoridades em saúde apontarem que comícios, carreatas e passeatas provocam o efeito contrário do que é preconizado, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) ainda está deixando claro em quais cidades esses eventos não poderão acontecer.

Foi o caso dos municípios de Milagres e Abaiara, ambos situados na região do Cariri. A 26ª Zona Eleitoral que tem em sua jurisprudência as decisões legais sobre as ações políticas na região do cariri cearense, promoveu um encontro essa semana para definir as regras, proibições no município e os atos de campanha.

No encontro estiveram presente o juiz eleitoral Diogo Schenatto Irion e o promotor eleitoral Alcides Luiz da Sena. Foi firmado acordo para a não realização de eventos de aglomeração de eleitores, tendo em vista o cenário de pandemia da covid-19, como carreatas, passeatas, caminhas e comícios, sob pena de responsabilização legal, de acordo com as normas sanitárias emitidas pelas autoridades federais e estaduais.

“Houve enorme bom senso dos representantes e partidos ao concordarem de forma unânime em evitar eventos que impliquem aglomerações. Com a situação ímpar vivida esse ano de tantas trágicas perdas pela covid 19, prevaleceu o lado humano de evitar a propagação de contágio e novas vítimas, adaptando o processo democrático das eleições com o contexto atual vivido não só no Brasil, mas no mundo inteiro”, pontuou o juiz eleitoral.

O Portal Revista Central consultou no portal do TRE-CE as informações relacionadas à região do Sertão Central mas ainda não há nenhuma publicação sobre as regras que estão determinadas em relação aos atos de campanha. A expectativa de fontes consultadas pelo site é que nos próximos dias, o cartório eleitoral de Quixadá deverá convocar os entes ligados aos partidos para a reunião que deve, entre outros pontos, tratar sobre esses assuntos.