Vórtice Ciclônico: Chove 67.0 mm em Quixeramobim e 60.8 no município de Ibaretama

chuva_centralaaaa
Chuva na região Central reacende a esperança do povo (foto: RC)

Região Central: as primeiras chuvas do ano que banham os municípios do interior cearense causam esperança aos moradores, que tem convivido com anos de seca. Em 2017, a quadra chuvosa foi razoável, mas não suficiente para abastecer grandes reservatórios.

Dados extraídos deste sábado(20) da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) apontam chuva em 63 municípios, sendo as maiores em Lavras da Mangabeira (Posto: Iborepi) 100.0 mm; Ipaumirim (Posto: Sitio São Pedro) 90.0 mm; Lavras da Mangabeira (Posto: Lavras da Mangabeira) 83.9 mm; Umari (Posto: Sitio Canto) 80.0 mm; Quixeramobim (Posto: São Miguel) 67.0 mm; Ipaporanga (Posto: Ipaporanga) 65.0 mm; Ibaretama (Posto: Fazenda Niterói) 60.8 mm.

Assim concluiu-se que na região Central as maiores precipitações foram em Quixeramobim (Posto: São Miguel) 67.0 mm; e (Posto: Fazenda Niterói) : 60.8 mm. Na localidade de Manituba- Quixeramobim 38.0mm; no distrito de Capitão Mor-Pedra Branca 9.8mm; Choro 9.0mm;

A previsão da Funceme é mais chuvas caiam sobre o Ceará. Para este sábado (20), ao longo do dia, está prevista nebulosidade variável com chuva em todas as regiões cearenses. Já para o domingo (21), chuvas na região Jaguaribana, na faixa litorânea e no sul do Estado. Nas demais áreas, há possibilidade de chuva.

Nesta época, é possível esperar mudanças bruscas no tempo, pois os sistemas meteorológicos que atuam no Ceará, como o Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), mudam de posição forma rápida. Segundo o supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Funceme, Raul Fritz, é possível observar “uma variação na condição meteorológica de sol e céu claro para, repentinamente, uma condição de chuva”.

Prognóstico

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) realizará, na próxima segunda-feira (22), uma coletiva de imprensa para divulgação do prognóstico de chuvas do Estado para o período de fevereiro a abril de 2018.