Polícia Civil e Militar prendem um dos suspeitos de matar ex-presidiário em oficina em Capistrano

Uma ação conjunta das Polícias Civil (PCCE) e Militar do Ceará (PMCE) resultou na prisão de um dos suspeitos de envolvimento em um homicídio ocorrido, nessa segunda-feira (12), em Capistrano. Tiago da Silva Casemiro, que cumpriu pena em uma unidade prisional por porte ilegal de arma de fogo, foi morto a tiros no interior de uma oficina de motos, situada no bairro Conjunto Planalto. Francisco Mardeson de Sousa Paulo Soares, também conhecido como “Mardinho”, foi preso horas após o crime. Durante o trabalho policial, uma motocicleta também foi apreendida. 

Uma equipe da PMCE foi informada por volta das 8 horas desta segunda-feira (12), acerca de um homicídio ocorrido no interior de uma oficina, situada na rua Vice-Prefeito Andrísio Lopes. Os policiais foram até o local, onde identificaram o ex-presidiário Tiago da Silva Casemiro, caído ao solo após ter sido atingido por disparos de arma de fogo. Uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) chegou a ser acionada, mas o homem não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 

Após colherem as primeiras informações no local, policiais civis e militares iniciaram as diligências, com o objetivo de localizar os responsáveis pelo crime. Durante as buscas, o titular da Delegacia Regional de Baturité, o delegado Joel Morais, e os agentes de segurança da PCCE e da PMCE foram até uma residência, situada na rua Conselheiro Estelita, no bairro Capistrano, ponto onde estaria um dos partícipes do crime. 

Ao chegarem ao imóvel citado, os policiais avistaram um homem tentando fugir. Ele utilizava uma camisa laranja, mesma vestimenta de um dos suspeitos de cometer o homicídio contra Tiago da Silva. Apesar da tentativa de fuga, Francisco Maderson foi abordado pela composição policial. Ele é natural de Quixadá e informações apontam que ele teria ido a Capistrano apenas para participar do crime. Com o suspeito, foi apreendida uma bolsa contendo um aparelho celular, além de uma motocicleta Titan 150 FAN, de cor cinza, veículo este que ele teria sido usado pelos criminosos. 

Maderson, que não tinha antecedentes criminais, recebeu voz de prisão e foi levado para a Delegacia Municipal de Aracoiaba, onde foi autuado em flagrante por homicídio. As investigações e as buscas continuam, com o objetivo de capturar o segundo envolvido no crime.