Fantástico da TV Globo denuncia dois quixadaenses envolvidos no golpe de lojas falsas no Instagram

Durante o programa do Fantástico, da TV Globo, deste domingo(13), a cidade de Quixadá voltou a ser notícias, dessa vez, dois moradores são acusados de integrar um esquema de golpe pela internet de venda de roupas.

“Uma loja cheia de roupas lindas, vestidos, saias, blusas, e o melhor: o preço é uma pechincha. Tem até queima de estoque, por R$ 10, cada peça. Não precisa nem sair de casa para comprar. A reportagem entra em contato, escolhe dez modelos e envia o pedido. A vendedora manda uma conta bancária para ser feito o depósito. Mas tudo isso não passa de um golpe. As roupas nem mesmo existem”, diz a reportagem.

O Fantástico investigou durante dois meses esse novo golpe na internet que está deixando muita gente frustrada: o golpe das falsas lojas de roupas. Os casos que descobrimos são de perfis em redes sociais. As vítimas negociaram através de mensagens de texto pelo celular ou nos chats das próprias redes e acabaram caindo no papo de vendedor.

O delegado indiciou Rivanes de Freitas e Suzy Lima por crime de estelionato (foto: reprodução TV Globo)

Conforme a reportagem, o quixadaense Rivanes de Freitas teria recebido dinheiro do esquema em sua conta, ele se defende e diz que não recebeu valor, mas confessou o empréstimo. O acusado denunciou Suzy Lima, como a pessoa que lhe pediu para receber o dinheiro.

O delegado Regional Marcus Vinicius informou que a quadrilha teria obtido cerca de R$ 28 mil reais. O grupo teria ramificação de parentes em Fortaleza. Todo o dinheiro seria enviado a pessoa de Wallace Felipe. Suzy Lima nega que seja membro do grupo, enquanto o último acusado não deu sua versão ao Fantástico.

O delegado indiciou Rivanes de Freitas e Suzy Lima por crime de estelionato.

O delegado indiciou Rivanes de Freitas e Suzy Lima por crime de estelionato (foto: reprodução TV Globo)