Complexo do Cedro: Universitários relatam precariedade e superlotação no transporte público de Quixadá

Em vídeo postado nas redes sociais, é possível notar a superlotação no único ônibus disponibilizado pela prefeitura.

Região Central: O drama dos estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) e do Instituto Federal do Ceará (IFCE), ambas localizadas na reserva federal do Cedro, continua com novos capítulos e o mesmo problema de sempre: falta de transporte escolar.

A superlotação, que gera um grande desconforto, é a principal reclamação da parte dos estudantes. Para se ter noção, há apenas um ônibus que faz a linha Centro/Cedro para quase três mil estudantes das duas instituições.

Em um vídeo postado por alunos nas redes sociais, é possível analisar a fila de estudantes que se forma, chegando a dar várias voltas, esperando o ônibus chegar. Segundo relatos, os alunos chegam nas faculdades com quase duas horas de atraso, tempo necessário para perder duas aulas com bastante conteúdo.

Além da precariedade do ônibus, há ainda a estrada esburacada que dificulta o acesso aos campus. As últimas chuvas que abençoaram a terra dos monólitos, fizeram também com que a via ficasse mais deteriorada.

O prefeito Ilário Marques, durante sua gestão (2004/2008), firmou um compromisso de que a prefeitura de Quixadá iria se responsabilizar pelo transporte regular dos alunos, mas até este ano de 2019, entraram e saíram novas gestões, e nenhuma solução definitiva foi tomada.

Em termo de compromisso assinado no ano de 2007, o então prefeito Ilário Marques garantia o transporte regular fornecido pela Prefeitura de Quixadá.

Com o crescimento da cidade, se consolidando cada vez mais como polo universitário, cresce a necessidade de um transporte público de qualidade e eficiente. Bairros distantes como o Residencial Rachel de Queiroz, também precisam deste serviço.

Após pressão, prefeitura disponibilizará mais um ônibus

Em nota, a prefeitura afirmou que estará colocando mais um ônibus para circular a partir desta quarta-feira (10). Confira a imagem abaixo:

Texto divulgado pela página “Viva Quixadá”, no instagram.

Destaque no noticiário estadual

Com a hashtag #IlárioVemPraFila, os estudantes conseguiram chamar a atenção do noticiário estadual para a causa. No jornal CETV, de bastante destaque no Ceará, foi exibida uma matéria sobre o caos no transporte estudantil. De acordo com uma denúncia, o ônibus estaria transportando cerca de 200 alunos em uma única viagem.

Foto: Reprodução CETV

Gabriel Damasceno
redator