SDA deve construir cisternas para famílias rurais em dez municípios do Sertão Central

Cisternas
Paramoti e Caridade devem receber a maior quantidade de cisternas por parte da SDA (Foto: arquivo)

Região Central: Dez municípios do Sertão Central estão inclusos em uma lista de um total de 39 cidades que deverão contemplar famílias com a construção de cisternas para armazenamento de água.

A relação consta em um edital divulgado para empresas privadas, que devem participar do processo licitatório para a construção dos equipamentos. O edital foi divulgado nesta terça-feira (23) pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA).

Dos 39 municípios que constam na relação, estão Boa Viagem, Itatira, Choró, Banabuiú, Caridade, Paramoti, Madalena, Quixeramobim e Mombaça, todos do Sertão Central. O total de cisternas destinadas a cada município varia.

Os dois municípios que mais devem receber os equipamentos são Caridade e Paramoti, com 100 cisternas cada. Quixeramobim, Mombaça e Madalena terão 95, junto com Itatira e Boa Viagem. Banabuiú está previsto para receber 80 cisternas. Choró fica com a menor quantidade: 57.

A construção está previstas para ser feitas por lotes, que são executados mediante o acompanhamento de parte das obras em cada região. Ao todo a SDA prevê destinar um total de R$ 16.640.994,38.

Até o próximo dia dois de dezembro as empresas poderão pedir a impugnação do edital. A divulgação do resultado provisório da seleção das empresas vencedoras ocorre no dia 20 de dezembro. As obras estão previstas para iniciar no ano que vem.