Prefeito de Banabuiú, Edinho Nobre, agiliza instalação de indústria de laticínios no município

Edinho recebeu empresário em reunião com secretários

Região Central: A tão sonhada instalação de uma indústria no município de Bababuiú, a cada dia se aproxima de ser uma realidade. O município tem realizado diversas ações e tratativas no intuito de iniciar o mais breve possível a instalação do equipamento. Na última semana, mais um importante passo dessa caminhada foi dado.

O prefeito do município Edinho Nobre teve mais uma reunião em seu gabinete com o empresário Rosbergue Saraiva onde definiram importantes etapas do processo de instalação da indústria. O encontro aconteceu na última semana, com as presenças dos secretários Glauco Brito (agricultura), Pedro Henrique (cultura, turismo, indústria e comércio) e o diretor de pesca, Miguel Brasileiro.

Rosbergue planeja trazer ao município do Sertão Central uma fábrica de laticínios, um tipo de negócio que promete um retorno financeiro quase certo, tendo em vista que como várias vezes já destacou Edinho, Bababuiú é um verdadeiro pólo de produção de leite. Agropecuaristas e empresários chegam a movimentar milhares de reais por mês com o volume de leite que é produzido nas fazendas e comercializado posteriormente.

Engenheiro agrônomo por formação e banabuiense conhecedor da história dos produtores de leite como poucos, Edinho Nobre é um entusiasta do empreendimento e aguarda com expectativa a instalação da indústria na cidade, em vista da geração de empregos e da economia municipal que será fortalecida através da fábrica.

“Essa empresa possibilitará empregos para a população, como também o fortalecimento e salto da cultura leiteira em nosso município, que hoje produz em média 60mil litros de leite dia, é um ganho enorme para o município”, pontuou Edinho.

Robergues Saraiva reiterou seu compromisso em instalar a fábrica na cidade e destacou que o negócio proporcionará emprego e renda para os banabuienses. Ainda segundo o empresário, Robergues Saraiva, a empresa precisará de uma média de 50 mil litros de leite diariamente para funcionar plenamente, assim atendendo a demanda da empresa.

As negociações em torno da chegada da indústria para Bababuiú estão avançadas. Edinho tem buscado facilitar os meios possíveis a nível de gestão para que a fábrica comece a ser construída o quanto antes, tendo em vista o benefício em médio e longo prazo que a iniciativa vai agregar ao município.