Camilo Santana afirma que vai usar até aviões e helicópteros para levar vacina da Covid aos municípios

Camilo Santana visitou galpão de armazenamento de doses da Sesa (Foto: Carlos Gibaja)

O Governador do Ceará, Camilo Santana, informou que seu governo está montando uma força-tarefa para fazer chegar a todas as cidades, até mesmo as mais distantes, o material necessário e ainda as doses para a vacinação de combate à Covid-19. Sem poupar esforços, Santana promoeteu que vai usar até aviões e helicópteros para transportar as doses das vacinas.

A declaração de Camilo Santana foi dita em uma entrevista coletiva à imprensa, na última sexta-feira (15), quando visitou o galpão da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) onde estão armazenadas as doses adquiridas pelo governo cearense, e que serão enviadas aos municípios. Ao lado do secretário da Saúde, Dr. Cabeto, o chefe do Executivo estadual destacou que o Ceará já está com tudo preparado para iniciar a vacinação assim que as doses chegarem.

“Estamos aguardando a liberação da Anvisa para as vacinas que estão sendo adquiridas pelo Ministério da Saúde. Há uma perspectiva muito positiva para que a gente possa iniciar ainda esse mês. Já temos seringas, agulhas, álcool, algodão. A Secretaria (da Saúde) comprou vários refrigeradores e distribuiu 160 nos municípios. Estamos preparando toda a logística para entregar e distribuir essa vacina o mais rápido possível aos municípios. Vamos fazer isso de forma aérea, com helicópteros e aviões, e também por terra, com veículos” disse Camilo.

A notícia repercutiu positivamente entre os cearenses. O uso de toda uma estrutura especial para o transporte de carregamento de material de insumos e dosagens, foi destaque na imprensa. Camilo Santana, no entanto, não deixou claro quais seriam as aeronaves utilizadas. Se elas seriam alugadas especialmente para este tipo de serviço, ou se usaria os helicópteros da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Atualmente, o Ciopaer tem uma base em Quixadá, o que, em tese, agilizaria a chegada de doses ao Sertão Central.

Além das doses fornecidas pela União, o governador salientou que o Governo do Ceará vem buscando outros meios para garantir o imunizante. “Ontem entramos em contato com as embaixadas de outros países. Também estamos fazendo contatos e negociações com outros laboratórios de fornecimento de vacinas para o Ceará. Não temos medido esforços para que a gente possa garantir que a vacina chegue o mais rápido possível”, enfatizou.