Crime chocante: Filho mata pai e mãe a golpes de enxada e facadas em Acarape

Homem foi rendido pelo cunhado e preso em flagrantes (Foto: Leaben Monteiro/SVM)

Pai e mãe foram mortos a facadas e a golpes de enxada desferidos pelo próprio filho, na manhã desta quarta-feira (18) no município de Acarape, município do Maciço de Baturité. O casal foi morto dentro de casa, no bairro Marrecos e chocou o estado pelos requintes de crueldade. De acordo com a Polícia Civil, o filho confessou ser usuário de drogas e disse ter cometido o crime após descobrir que os pais tinham planos de interná-lo em uma clínica para tratamento.

De acordo com moradores vizinhos da residência do casal, Ubiraci Lima de Freitas, de 54 anos e sua esposa, Maria Silva de Freitas, de 55, dormiam quando teriam sido surpreendidos por volta de 6 da manhã, pela presença do filho dentro do quarto do casal, Rafael Silva Freitas, de 33 anos.

Conforme testemunhas relataram a Polícia, Ubiraci foi atingido com golpes de facadas na garganta, teria conseguido sair do quarto, mas foi alcançado entre a sala e a cozinha da residência pelo filho com golpes de enxada na cabeça. A mãe foi morta a facadas na barriga.

No trabalho de apuração, a Polícia também descobriu que uma irmã de Rafael que mora perto da residência do casal, teria escutado os gritos de socorro dos pais no momento em que eram golpeados, foi ao encontro deles mas já teria os encontrado sem vida. O marido dela, cunhado de Rafael, teria rendido o suspeito até a chegada da Polícia Civil que o prendeu e levou para a Delegacia do Município de Redenção.

Casal foi morto enquanto dormia (foto: divulgação)

No local as equipes de investigação da Polícia, descobriram que Rafael Silva Freitas teria cometido o crime após descobrir que os pais planejavam levá-lo para ficar internado em uma clínica que realiza o tratamento de dependentes químicos. O filho que matou os pais confessou em depoimento à Polícia que era usuário e que devia cerca de R$ 6 mil a traficantes da cidade.

“O crime foi motivado porque Rafael era usuário de drogas e estava devendo R$ 6 mil a traficantes e pediu aos pais para pagar a dívida. Os pais dele recusaram e foram mortos”, disse o delegado Cleidsom Pereira Fernandes, titular da Delegacia Municipal de Redenção, responsável pelas investigações.

Amigos das vítimas relataram em entrevista à imprensa que o criminoso não trabalhava, e que além de fazer uso de drogas, bebia constantemente. Ele e o pai chegaram a se desentender algumas vezes dentro de casa. Uma dia antes, o jovem de 33 anos teria sido visto por vizinhos amolando uma faca. A Polícia deve investigar todas as versões.