Suspeito de matar homem a facadas é preso provisoriamente em Quixeramobim

Um homem de 33 anos foi preso na tarde desta quarta-feira (14) suspeito de matar a facadas um sujeito na cidade de Quixeramobim. O individuo foi identificado pelos policiais como Antônio José Ulisses da Silva.

O preso é suspeito de ter assassinado a vítima identificada como Francisco da Silva Ribeiro, conhecido como “Genival” (43 anos), no dia dez de outubro deste ano, na localidade de Assentamento Guarujá, zona rural do município de Quixeramobim.

O crime foi cometido com arma branca (faca) e chocou toda comunidade que vive naquela zona rural. A autoridade policial representou pela prisão temporária do suspeito, a qual foi cumprida na tarde de hoje, apenas 04 dias após o crime.

Caso concreto

Segundo os autos do pedido de prisão provisória, no dia 09 de outubro de 2020, o acusado recebeu intimação por intermédio de Oficial de Justiça acerca de audiência de Divórcio e que isso pode ter contribuído para a prática do crime, e de ameaças a sua ex-esposa, cita a denúncia.

O delegado defendeu a necessidade de sua custódia temporária, objetivando a colheita de material probatório.

Ao apreciar o pedido, o juiz entendeu, “no caso concreto, tenho que estão presentes os requisitos” da prisão temporária. Aquele, pelo fato de que do acusado, após o crime, não fora encontrado pela autoridade policial para prestar declarações acerca de sua participação no grave homicídio e nas acusações de ameaça de morte de sua ex-esposa, conforme vasta prova testemunhal, o que vem atrapalhando o curso e o andamento das investigações policiais.

“Dessa forma, e tendo em conta a imprescindível necessidade de preservar as investigações policias, DEFIRO a representação da autoridade policial em ordem a decretar a prisão temporária, pelo prazo de 30 (trinta) dias do indiciado, Antonio José Ulisses da Silva.”