Vitória: Choró zera a taxa de transmissão do coronavírus de acordo com a Sesa

Cidade é a única da região Central e está entre as quatro do Ceará que tiveram taxas de transmissão zeradas (Foto: reprodução)

Região Central: o municípío de Choró é o único do Sertão Central em que a taxa de transmissão do coronavírus é baixa. O dado é da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) e foi constatado na noite desta quinta-feira (2) após atualização da plataforma IntegraSUS. A taxa de contaminação na cidade chegou a 0, ou seja, o vírus não tem mais potencial de circulação ou de contágio de pessoa para pessoa.

A atualização do IntegraSUS mostrou que apenas quatro dos 184 municípios do Ceará encontram-se sob estas condições. Além de Choró destacam-se Baturité, Guaiuba e São Luis do Curu. Em todas estas cidades a taxa chegou a 0, encaixando os territórios na categoria baixa, que conforme os dados da Sesa corresponde uma taxa de transmissão que tenha variação entre 0 e 0,5 na circulação do vírus responsável pela Covid-19.

Equipes de saúde realizam visitas em casas durante pandemia do Coronavírus em Choró

Barreiras sanitárias, agentes da saúde nos bairros e distritos, isolamento de infectados e de seus familiares, distribuição de máscaras e ampla fiscalização em locais antes com aglomeração foram essenciais para que o pequeno município da região Central não tivesse uma explosão de pessoas contaminadas pelo novo Coronavírus.

Se o Ceará se assusta com os casos crescentes do Covid-19, na cidade o clima é de cautela mas não mais de preocupação, a julgar pelos casos. De acordo com a atualização desta quinta-feira Choró tenha 234 casos confirmados de COVID-19, sendo 201 considerados como curados. Se tudo continuar assim, nos próximos 10 a 15 dias o município poderá ter números ainda muito baixos de casos confirmados.

Para o prefeito municipal Marcondes Jucá, os dados são resultados de uma ampla mobilização de todo o setor da saúde e do comitê de crise. Apesar da redução drástica nos últimos dias, os cuidados são diários. Ontem, nas redes sociais do município, a gestão municipal de Choró destacou o empenho da equipe. “Com a ajuda de Deus, dedicação e muito trabalho de todos os Profissionais da Saúde, estrutura oferecida pela Gestão e com uma conscientização cada vez maior da população, Choró aos poucos vai vencendo esse vírus terrível. Estamos no caminho certo, temos que continuar usando a melhor arma para combater o vírus… A PREVENÇÃO !!!”.

Choró e as outras três demais cidades são uma exceção: em todos os outros municípios do Ceará, a Sesa constatou que a taxa de transmissão do vírus ainda é considerada alta, ou seja, acima de 1,0. Isso significa que as cidades nestas condições são aquelas em que as pessoas ainda estão passíveis de repassar o vírus para até outra pessoa.