Capela da zona rural de Itatira contraria recomendações da Diocese de Quixadá e promove carreata

Passagem com imagem do santo pela comunidade gerou carreata (Foto: reprodução de vídeo)

Região Central: fiéis da zona rural do município de Itatira promoveram uma carreata essa semana, em alusão ao santo padroeiro da região: São João Batista. Mas a iniciativa chamou a atenção porque a Diocese de Quixadá, a quem a cidade de Itatira é vinculada por meio de duas paróquias, proibiu a realização de eventos religiosos que promovesse aglomeração. A medida visa combater o coronavírus.

O fato foi registrado em vídeo e circulou nas redes sociais. Pelo menos 12 carros promoveram uma carreata na localidade de Juá, com a imagem do santo à frente. A iniciativa faia parte dos festejos de São João Batista, reverenciado como padroeiro da comunidade. Em alguns pontos, era possível ainda ver alguns grupos que se aglomeravam esperando a procissão passar.

Itatira possui duas paróquias vinculadas à Diocese de Quixadá: a Paróquia Nossa Senhora do Carmo, e ainda a Paróquia Menino Deus. No início da pandemia, a Diocese enviou às paróquias um comunicado que pedia para que eventos religiosos que promovessem aglomerações fosse evitado, para evitar a proliferação do Covid-19.

Nas redes sociais, as paróquias não comentaram o assunto. A comunidade de Juá também não fez qualquer esclarecimento sobre a realização da carreata.