Polícia Civil recambia ao Ceará preso foragido da Justiça que pretendia fugir para a Bolívia

O trabalho de trazê-lo para o Ceará ficou a cargo da equipe da Draco que o perseguiu no Norte do país. Foto: Divulgação

Policiais civis da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) já recambiaram ao Ceará um dos homens mais procurados do Estado. Edgly Dutra Barbosa (36), vulgo “Dudeca”, que já responde a sete procedimentos policiais por latrocínio, homicídios, tráfico de drogas e crime contra a administração pública, chegou a solo cearense na madrugada dessa quarta-feira (06). Ele havia sido capturado, no último domingo (3), na cidade de Buritis, em Rondônia, quando se preparava para fugir para Bolívia.

O trabalho de trazê-lo para o Ceará ficou a cargo da equipe da Draco que o perseguiu no Norte do país. Conforme o delegado Klever Farias, policiais civis do Ceará foram deslocados para Itaituba e realizaram um trabalho de localização do suspeito em terras paraenses. Lá, os policiais conseguiram descobrir o nome falso que “Dudeca” utilizava. Com o cerco policial se fechando, o homem fugiu para Buritis, cidade com pouco mais de 32 mil habitantes, localizada no Estado de Rondônia.

Com a informação da localização, a PCCE trocou informes com a Polícia Civil de Rondônia, por meio da Delegacia Regional de Buritis, que passou a realizar diligência e localizou o homem em um restaurante da cidade. “Dudeca” ainda tentou fugir, pegando um táxi, porém foi abordado pelos policiais civis.

Após a captura, o homem foi conduzido para a cidade de Porto Velho, de onde pegou um voo junto com os policiais da Draco. O desembarque aconteceu em Fortaleza, na madrugada dessa terça-feira. “Dudeca” foi encaminhado para a sede da especializada, onde prestou depoimento. Em seguida, ele foi encaminhado para a Delegacia de Capturas e Polinter (Decap). Agora, o homem ficará à disposição da Justiça.