RC TV: Advogados denunciam violação de suas prerrogativas durante operação policial em Quixeramobim

Advogados criminais denunciaram que foram impedidos de terem acesso ao interior da Delegacia de Polícia Civil de Quixeramobim, durante a operação denominada “de Narcos”, da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), realizada nesta quinta-feira, 10, na cidade de Quixeramobim.

Os causídicos Dr. Adolfo Siqueira, Dr. Coelho Neto e Dr. Clenilton Rodrigues falaram com a reportagem da RC TV. Segundo eles, seus clientes foram levados à unidade policial e estes não tiveram o direito da presença de seus advogados. Eles denunciam ainda violação das suas prerrogativas, que os garantem acesso irrestritos a estes procedimentos.

Por meio de suas vinculadas, Polícias Civil e Militar, Perícia Forense e Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará. Denominada “Narcos”, a ofensiva ocorreu na cidade de Quixeramobim, na Área Integrada de Segurança 20 (AIS 20), deu apoio aos 140 profissionais de segurança, que atuaram em 45 viaturas. Detalhes: Operação policial em Quixeramobim da SSPDS prende nove pessoas, apreende R$ 22 mil reais e armas.

O delegado André Firmino, titular da Polícia Civil de Quixeramobim, garante que não houve qualquer ilegalidade, apenas em virtude da grande quantidade de policiais e do vasto material que necessitava ser catalogado, o acesso ficou restrito apenas neste momento, mas que durante os interrogatórios dos detidos, todos os advogados constituídos tiveram acesso ao interior da Delegacia, para participar do ato legal com os seus clientes.

Os advogados denunciaram a Ordem dos Advogados do Brasil – secção Ceará para que o caso seja apurado.

Assista a reportagem da RC TV – cobertura completa no programa ao vivo toda terça-feira, às 19h