Aluga-se: Faltam clientes e sobram imóveis para locação na cidade de Quixadá

A placa mais vista nos últimos meses na cidade de Quixadá, na região Central do Ceará, é sem dúvida de aluguel. É o reflexo da crise econômica e também devido a grande quantidade de pessoas que compraram suas casas próprias nos últimos anos.

Alugar está difícil, mais ainda é o preço baixar, muitos locadores parecem quem não perceberam a quantidade de opções disponíveis. Os preços continuam subindo acima da inflação. É comum qualquer imóvel com dois quartos, sala e cozinha sendo ofertado pelo exorbitante valor de R$ 500,00, em bairros distantes do centro comercial de Quixadá.

As aulas das faculdades já começaram e ainda tem vagas nos diversos apartamentos, a razão foi simples: os universitários estão preferindo compartilhar com até quatro pessoas em um mesmo local. Antes, a maioria preferia morar sozinho ou apenas com outro amigo, agora, a situação econômica elevou o número.

O inquilino tem que tirar proveito da situação, especialmente na hora de renegociar o seu contrato. Exigir que o valor seja mantido ou mesmo uma redução. Um imóvel no bairro Baviera estava sendo ofertado por R$ 700,00 reais, baixou, e a empresa responsável teve que fechar por R$ 500,00 reais mensal, pois já estava fechada há 3 meses.

A crise tem afetado os imóveis residenciais, mas principalmente os comerciais.

Anuncie o seu imóvel no portal RC (88) 9 9909-9512