Auxílio Emergencial: governo divulga calendário de novos pagamentos; confira

O Ministério da Cidadania divulgou nesta sexta-feira (17) o calendário de novos pagamentos do Auxílio Emergencial.

Os novos pagamentos contemplam os beneficiários que se inscreveram no programa por meio do site e do aplicativo, além daqueles que fazem parte do Cadastro Único, mas não recebem o Bolsa Família. Para o grupo dos trabalhadores do Bolsa Família, os pagamentos seguem o calendário original do programa – isto é, sempre nos últimos dez dias úteis de cada mês, de acordo com o dígito final do benefício.

O novo calendário divulgado pela Cidadania contempla os pagamentos até a quinta parcela de beneficiários inscritos no programa até 2 de julho, data final para inscrição, cujos cadastros foram considerados elegíveis até o momento. Na quarta-feira, a Dataprev informou que havia ainda 226.582 pedidos pendentes de análise.

Veja os calendários

Lote 1:
O lote contempla beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio em abril de 2020.

Quarta parcela: depósito em poupança social entre 22 de julho e 26 de agosto; saques e transferências entre 25 de julho e 17 de setembro.
Quinta parcela: depósito em poupança social entre 28 de agosto e 30 de setembro; saques e transferências entre 19 de setembro e 27 de outubro.

Lote 2
O lote contempla beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio em maio de 2020.

Terceira parcela: depósito em poupança social entre 22 de julho e 26 de agosto; saques e transferências entre 25 de julho e 17 de setembro.
Quarta parcela: depósito em poupança social entre 28 de agosto e 30 de setembro; saques e transferências entre 19 de setembro e 27 de outubro.
Quinta parcela: depósito em poupança social entre 9 de outubro e 13 de novembro; saques e transferências entre 29 de outubro e 19 de novembro.

Lote 3
O lote contempla beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio de junho a 4 de julho de 2020.

Segunda parcela: depósito em poupança social entre 22 de julho e 26 de agosto; saques e transferências entre 25 de julho e 17 de setembro.
Terceira parcela: depósito em poupança social entre 28 de agosto e 30 de setembro; saques e transferências entre 19 de setembro e 27 de outubro.
Quarta parcela: depósito em poupança social entre 9 de outubro e 13 de novembro; saques e transferências entre 29 de outubro e 19 de novembro.
Quinta parcela: depósito em poupança social entre 16 e 30 de novembro; saques e transferências entre 26 de novembro e 15 de dezembro.

Lote 4
O lote contempla beneficiários que se cadastraram por meio da plataforma digital entre os dias 17 de junho e 2 de julho de 2020.

Primeira parcela: depósito em poupança social entre 22 de julho e 26 de agosto; saques e transferências entre 25 de julho e 17 de setembro.

Com informações do G1