Secretaria de Segurança classifica como Senador Pompeu como “Faixa de Gaza”

Uma operação desencadeada, na manhã desta sexta-feira (14), em Senador Pompeu, na Área Integrada de Segurança 20 (AIS 20), resultou nas prisões de 14 pessoas e nas apreensões de diversos materiais ilícitos, como armas, munições e drogas. A ofensiva policial decorre de investigações sobre o tráfico de drogas e de disputas entre grupos criminosos da cidade. Além de equipes da Delegacia Regional de Senador Pompeu e das municipais de Quixeramobim, Mombaça e Pedra Branca, os trabalhos contaram com apoio do Departamento de Polícia Civil do Interior Sul (DPI Sul), da Coordenadoria de Integração e Planejamento Operacional (Copol) e da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), além da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar.

Cerca de 130 profissionais de segurança foram empregados nas ações que resultaram no cumprimento de mandados de busca e apreensão. Ao todo, foram cumpridos 34 mandados em razão de investigações sobre o tráfico de drogas na região e em decorrência de confrontos entre integrantes de grupos rivais na cidade. A operação foi batizada de “Faixa de Gaza”, em alusão ao território em conflito entre israelenses e palestinos no Oriente Médio. Em dois locais de abordagem, suspeitos atiraram contra os agentes de segurança, mas foram capturados. Ninguém saiu ferido no confronto.

Matéria Relacionada: Polícia deflagra megaoperação de combate ao crime na cidade de Senador Pompeu

Durante a operação, foram apreendidas quatro armas, 34 munições, dois carregadores de 380, três coletes, 72 trouxinhas de cocaína, 81 trouxinhas de crack, 55 trouxinhas de maconha, um tijolo com 500g de maconha, uma balança de precisão, 31 maços de cigarros contrabandeados, dez aparelhos celulares, oito animais silvestres, aparelhos de TV, R$ 30 mil em espécie. Todo o material recolhido e encaminhado para realização de procedimento policial na Delegacia de Senador Pompeu.

Foram presos: Antônio Éricles Colares dos Santos, autuado por tráfico de drogas; Joaquim Antônio de Souza e Maria Gerbênia Aristides do Nascimento, autuados por posse ilegal de arma de fogo, tráfico e associação para o tráfico; Kenio Jonathan Ferreira de Meneses, autuado por tráfico de drogas e corrupção de menor; Gilsonir Magalhães, autuado por lavagem de dinheiro, receptação, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo e disparo de arma de fogo; Antônia Talita Pereira Sírio, autuada por posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa; Henrique Iranlei Pereira dos Reis Junior, autuado por associação criminosa, posse ilegal de arma de fogo e receptação; Cristiano Alves dos Santos, autuado por tentativa homicídio, no artigo 19 da Lei das Contravenções, por não possuir licença de arma de fogo, porte ilegal de arma de fogo; Francisco Uziel Pereira Sírio e Francisco Ismael Pereira Sírio, autuados por posse irregular de arma de fogo, receptação e associação criminosa; Camila Daiane da Silva Lima e Antonio Iago Medeiros da Silva, autuados por crime ambiental, tráfico e associação criminosa; João Victor Rodrigues de Lima, autuado por tráfico e associação para o tráfico; e de drogas na localidade, identificado como proprietário de várias casas alvos da operação Sebastião de Andrade de Souza, conforme investigações, seria o líder do tráfico. Ele foi autuado por crime ambiental, tráfico e associação para o tráfico de drogas.

As investigações conduzidas pela Delegacia Regional de Senador Pompeu seguem no intuito de identificar mais suspeitos e apreender materiais ilícitos no município. A população pode contribuir com os trabalhos policiais repassando informações sobre ações criminosas. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou pelo telefone da delegacia, pelo número (88) 3449-1324.

 

 

 

Tags: