Nota na íntegra: Prefeitura de Ibaretama afirma que criança baleada recebeu atendimento médico

prefeitura_ibaretama-2014O portal Revista Central publicou matéria relacionada a um caso trágico no município de Ibaretama, onde uma criança foi baleada por outra (Descaso: Criança é baleada por outra; hospital de Ibaretama estava sem médico plantonista). Sobre o assunto, a Secretaria Municipal de Saúde e Procuradoria Geral do Município se manifestaram e afirmaram que a vítima recebeu atendimento médico, diferente do que foi publicado e denunciado por populares. De forma democrática e sempre ouvindo as duas partes, segue a manifestação na íntegra da gestão.

DIREITO DE RESPOSTA 

A Prefeitura Municipal de Ibaretama, através da Secretaria Municipal de Saúde e Procuradoria Geral do Município, vem por meio deste, trazer a verdade à população do Município de Ibaretama e principalmente, repudiar de forma veemente a matéria mentirosa, irresponsável e utilizada de má-fé, com o único intuito de denegrir a imagem da atual gestão municipal de Ibaretama e de seus prestadores de serviços, em especial aos do Hospital Municipal de Ibaretama.

Mesmo com todas as dificuldades e descasos em que o município foi recebido, a gestão “Juntos Somos Mais Fortes” vem, desde o dia 01 de janeiro de 2017 depreendendo esforços para colocar o Hospital Municipal de Ibaretama em pleno funcionamento, sendo responsável só na primeira semana de gestão por um total de 530 atendimentos médicos, perfazendo uma média de 76 pacientes atendidos por dia, demonstrando a prioridade da administração com a saúde.

No dia 01/04/17, a criança [identidade preservada] deu entrada no Hospital Municipal Antônio Cavalcante de Queiroz – HOMACQ, com ferimentos graves ocasionados por um tiro de espingarda “socadeira”, o médico plantonista prestou o completo atendimento de emergência/urgência ao paciente, que após a estabilização foi transferido ao Hospital Maternidade Jesus, Maria e José em Quixadá/CE.

Ao chegar no Hospital Maternidade Jesus Maria e José, a criança foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento – UPA, simplesmente para realizar exames de “raio-X”. Ao término dos exames, o paciente retornou à Maternidade para dar seguimento ao atendimento.

Após o resultado do exame, a Maternidade Jesus Maria e José entrou em contato com o Hospital Municipal de Ibaretama, solicitando uma ambulância para realizar a transferência do paciente para Fortaleza, tendo em vista a gravidade do caso e a necessidade de realizar procedimentos cirúrgicos. O que de imediato foi atendido, e a criança foi transferida em um veículo do Município de Ibaretama.

Todo o atendimento, desde a entrada do paciente até a transferência da criança para Fortaleza foi devidamente registrado em Livros de Ocorrência, Prontuários, entre outros.

Lamentamos a atitude de pessoas que utilizam-se de Blogs para tentar denegrir a imagem de uma administração séria, transparente, competente e honesta, que busca diariamente o melhor para os seus servidores públicos, os munícipes e para a cidade. Repudiamos todas as formas irresponsáveis de veicular notícias falsas e mentirosas, na tentativa de distorcer fatos, maculando a opinião pública. Ressaltamos que a liberdade de expressão deve estar atrelada ao dever de veracidade, pois a falsidade dos dados divulgados manipula ao invés de formar a opinião pública.

Reiteramos nossos votos de estima e consideração à todos os comunicadores, radialistas e jornalistas que trabalham de forma séria, responsável e ética.

Ibaretama, 03 de abril de 2017.

JOSÉ ANTÔNIO ALMEIDA NETOS
Secretário de Saúde
 

 CAUÊ FERNANDES FONTELES
Procurador Geral do Município

 ANDERSON CAMURÇA DA SILVA
  Procurador Adjunto do Município