Maior mandacaru do Nordeste fica na zona rural de Quixadá e continua crescendo

Amantes de esportes radicais de Quixadá possam ao lado do gigante (foto: Eurismar Júnior/facebook)

Amantes de esportes radicais da cidade de Quixadá descobriram em 2016, um mandacaru um pouco diferente dos demais, o tamanho atrai moradores e curiosos. Naquela época até um programa de televisão foi no local conferir a planta fica localizada na Fazenda São Salvador no Baixio dos Alexandres, distrito de Custódio.

Os aventureiros Eurismar Júnior, Kido Aranha e sua grande turma retornaram neste domingo, 02, para saber se o mandacaru havia sofrido modificações. Segundo eles, em 2016 a medida foi de 9,50 metros e hoje 10,38 metros.

Os cuidados do mandacaru é de responsabilidade do casal de agricultores São Sebastião e Dona Graça. A medição é feita de forma proporcional de acordo com a sombra de uma estaca de 1 metro que fica ao lado da planta.

 Após a conferencia da medida foi hora de repor as energias com um lanche/almoço e voltar para estrada.

O mandacaru é uma planta da família das Cactaceae, gênero cactus. Arbustiva, xerófita, nativa do Brasil, disseminada no Semiárido do Nordeste. Mandacaru vem do tupi mãdaka’ru ou iamanaka’ru, que significa «espinhos em grupo que fazem mal, danificam».

Eles garantem que este é o maior mandacaru de todo o Nordeste, já que esta planta só existe praticamente nesta região brasileira.

Amantes de esportes radicais de Quixadá possam ao lado do gigante (foto: Eurismar Júnior/facebook)