Dois indivíduos morrem em confronto com policiais do COTAR, durante operação em Quixadá

Região Central: Um inicio de quinta-feira(19), fora do normal na cidade de Quixadá, com registro de pelo menos três pessoas mortas e duas esfaqueadas. Na Rua Francisco Galdino, no bairro Monte Alegre, ocorreu um crime passional, quando um homem matou o namorado de sua ex-companheira e mulher ainda sofreu uma facada.(Passional: Homem mata namorado de sua ex-companheira e mulher ainda sofre facada, em Quixadá). Um deficiente mental ainda foi espancado (Doente mental é espancado na zona rural de Quixadá e sofre traumatismo craniano).

Já por volta das 6h, equipes do Comando Tático Rural-COTAR foram atender uma ocorrência na Rua Neo Martins, no bairro Campo Velho, e acabou entrando em confronto com dois homens. Durante o tiroteio, a dupla acabou sendo baleada.

De acordo com as informações, os dois teriam recebido os policiais a tiros, sendo que os agentes revidaram a injusta agressão. Os dois homens ainda foram levados ao Hospital Dr. Eudásio Barroso, mas não resistiram aos ferimentos.

Os policiais do Comando Tático Rural-COTAR são treinados para ocasiões de alto risco, como nesta operação em que estavam participando em Quixadá. Nenhum policial ficou ferido.

Os mortos são: Antônio Ilberto Fernandes de Brito, conhecido como “Neném Operado”, e Sandio Henrique de Almeida Castelo Branco, 20 anos, sendo que este último morava em Fortaleza.

Ainda nao se sabe quais os crimes que estavam sendo lhes imputados. Apenas que esses indivíduos não respeitaram as ordens desses policiais, os quais, em tese, agiram em estrito cumprimento do dever legal.

Os detalhes completos não foram repassados, tendo em vista que a operação está em andamento.