Acidental: Padrasto mata criança de 9 anos com tiro de espingarda na cidade de Senador Pompeu

Jean Soares da Silva, 19 anos foi preso em flagrante

O padrasto de uma criança de 9 anos foi preso em flagrante sob a acusação de crime de homicídio na cidade de Senador Pompeu, na região Central do Ceará. A arma utilizada foi uma espingarda artesanal, calibre 12, e ele alega que o tiro foi acidental.

Delegado Regional de Polícia Civil de Senador Pompeu, Willian Lopes, disse que a criança teve morte imediata ao sofrer o tiro de calibre 12, dentro da residência da família, no bairro Pantanal. O crime gerou grande repercussão durante a manhã desta terça-feira, 05.

O padrasto Jean Soares da Silva, 19 anos, fugiu para um matagal após o disparo, mas equipes das Polícias Civil e Militar foram acionadas e conseguiram capturar o autor, que em seu depoimento confessou o crime, mas alega que jamais quis matar a criança.

Na casa estava a criança, a mãe e o padrasto, momento em que a tragédia aconteceu.  A arma do crime foi apreendida e ele não tinha autorização da posse. Jean Soares da Silva não tem antecedentes criminais.