Quixadá: Estudante da zona rural passa em medicina na UFC após rotina de 8 horas de estudo por dia

Jhonatta Costa, 19 anos, foi estudante da Escola Abraão Baquit, de Quixadá. [Foto: Arquivo pessoal]

O estudante Jhonatta Pereira Costa, 19 anos, ex-aluno da Escola de Ensino Médio Abraão Baquit, em Quixadá, é um dos novos calouros da turma de 2021.1 do curso de medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), campus de Sobral, na região norte do Estado.

Residente no distrito de Cipó dos Anjos, zona rural, Jhonatta concluiu o ensino médio em 2019 no polo de extensão da Escola Abraão Baquit, localizado na zona rural. O jovem conta que após concluir o segundo grau, passou o ano seguinte, 2020, em preparação para o Enem. Ele diz ainda que utilizou um cursinho online para ajudar na preparação para o exame; “Eu assinei um cursinho online em 2019, mas como eu estava no colégio, eu não tinha como vê tudo, usava mais como um reforço”.

]Sobre sua rotina, Jhonatta revela; “Durante a manhã eu resolvia exercícios de anos anteriores do Enem e assistia monitorias. A partir das 15h30, começava as aulas ao vivo que terminavam por volta das 21h15. E isso se repetia de segunda à sexta. No sábado eu fazia reação e revisão. No domingo eu descansava, mas às vezes eu fazia simulado”. Ao todo, a rotina de estudos de Jhonatta era de oito horas diárias.

A expectativa do estudante de Quixadá que agora vai precisar mudar de residência é grande. “Eu confesso que estou bastante ansioso e animado. Eu passei para o campus de Sobral, coloquei como primeira opção no Sisu. E claro, fato de ter que mudar de cidade, conhecer gente nova, fazer novas amizades… será uma experiência gigantesca para mim, e eu estou muito animado para começar”.