Quadra chuvosa: Dilema de lixos espalhados no perímetro urbano preocupam moradores de Quixadá

Os moradores dos bairros Combate, Cedro e Cedro Velho também sofrem com essa situação. (foto: RC)

Região Central: A cidade de Quixadá volta ao dilema de lixos espalhados em seu perímetro urbano e com a chegada da quadra invernosa danos maiores podem contribuir para a proliferação de doenças. Populares pedem que seja adotada uma força-tarefa.

As reclamações são presenciadas a todo momento em redes sociais e nos veículos de comunicação da cidade. Recentemente o radialista Wanderley Barbosa passou vários dias informando um grande acúmulo de lixo no bairro Jardim dos Monólitos. Esse caso especifico foi sanado na semana passada.

Os moradores dos bairros Combate, Cedro e Cedro Velho também sofrem com essa situação. Como o carro da coleta passa apenas duas vezes semanal, o que leva os moradores a jogar o lixo em containers, um aperitivo para os animais. Até urubus foram vistos ao redor.

A omissão do poder público é aliada a falta de educação e conscientização dos populares acabam causando prejuízos a saúde pública. Espera-se que a prefeitura Municipal de Quixadá adote medidas eficiente para reduzir ao máximo o lixo acumulado.

A quadra invernosa deve iniciar em fevereiro e com lixo espalhado, causa entupimento aos bueiros, bem como prejuízo aos córregos e rios.