Turismo: Decreto municipal interdita pontos turísticos de Quixadá

Santuário de Quixadá está interditado e proibido de receber turistas. (foto: Prefeitura de Quixadá)

Quixadá: Um decreto municipal proibindo a visita aos pontos turísticos da Terra dos Monólitos foi publicado esta semana, com a finalidade de evitar a aglomeração de turistas e até mesmo quixadaenses nestes pontos e conter a proliferação do COVID-19 (novo coronavírus).

O município de Quixadá possui diversos pontos turísticos, a maioria deles advindo da natureza. O decreto proíbe o acesso de atletas de voo livre e esporte de aventura, populares e turistas a rampa do santuário. O complexo religioso, Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, localizado na Serra do Urucum, está interditado e proibido de receber visitas.

Serra do Urucum, onde está localizado o Santuário Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, padroeira de Quixadá. (foto: Prefeitura de Quixadá).

O complexo do Cedro, área federal que compreende o açude Cedro, também não poderá receber visitação. A Prefeitura de Quixadá utilizou faixas de interdição para inibir a entrada de desobedientes. Estes dois pontos turísticos são os que mais recebem turistas na Terra dos Monólitos.

Hotéis, pousadas e afins devem seguir as normas sanitárias para que possam continuar funcionando. Este setor da economia deverá ser fortemente afetado pela epidemia de COVID-19.