Vergonhoso: Vereador de Banabuiú denuncia que alimentação para os profissionais da saúde é limitada

Hospital_Banabuiu
Hospital de Banabuiú (foto: arquivo RC)

O vereador Joaquim Rodrigues Lemos – conhecido como Neto Rodrigues, do município de Banabuiú, esteve participando de um programa da Rádio Liderança, apresentado por Herley Nunes, para fazer denuncias contra a gestão de Francisco Hermes Nobre – o Edinho Nobre, prefeito que se tornou conhecido na região ao garantir que varre as ruas da cidade.

Conforme o parlamentar, Banabuiú passa por uma situação delicada no campo administrativo. Garantiu que a gestão vem tentando transparecer nas redes sociais que o município “está funcionando às mil maravilhas”, mas discorda e cita que “na verdade, na vida real essa não é a realidade” vivenciada pelo população.

Rodrigues fez graves acusações, uma delas: “o nosso município de Banabuiú já gastou mais de R$ 18 milhões, porém, os transportes dos alunos estão atrasados e os motoristas, especialmente da saúde, tiveram garantias salariais retiradas. Diminuiu salário dos motoristas de R$ 1.200 para R$ 800 e poucos reais”, em sua visão deveria o prefeito fazer um reajuste salarial.

Para o vereador, festas são importantes e defende: “a Banartes foi muito bonita, mas à realidade que a população está vivendo é diferente”, e fez uma gravíssima acusação: “no hospital não tem medicamentos e as refeições para os profissionais de saúde são limitadas”, diz.

O vereador acrescentou ainda, que as máquinas da Prefeitura de Banabuiú que deveriam fazer as estradas vicinais, muitas vezes fazem serviços particulares, como em parques de vaquejadas. As denuncias são graves.