Vendedor ambulante é atingido com três tiros em tentativa de homicídio em Quixadá

A violência na cidade de Quixadá, região Central do Ceará voltou a causar medo na população, que se sente desprotegida e cobrar das autoridades mais esforços para o combate ao crime. A presença de equipes do Raio, POG, Ronda, Cotar e outros grupamento da Polícia Militar não tem inibido as ações criminosas das facções que atuam na terra dos monólitos.

Na tarde desta quarta-feira, 01 por volta das 13:30, na Rua Pernambuco, no bairro Combate, o ex-presidiário Francisco Márcio Pinheiro Ferreira, 39 anos,  sofreu uma tentativa de homicídio, foi abordado por dois criminosos encapuzados, sendo que o garupeiro sacou uma arma de fogo e atirou por três vezes na vítima. Populares imediatamente socorreram o homem para a Unidade de Pronto Atendimento-UPA, após receber atendimento médico foi transferido ao Hospital Maternidade Jesus Maria José, também em Quixadá.

Policiais do Raio ronda e POG realizaram diligências por vários bairros, com o objetivo de capturar os acusados, mas até o fechamento desta matéria ninguém foi preso. O crime deverá ser investigado pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá.

Conforme populares, os criminosos abordaram a vítima e sem qualquer chance de defesa já Atiraram. Eles estavam como se fossem mototaxista e passageiro, mas na verdade tratavam-se de dois criminosos.

A vítima já tem passagem pela cadeia pública e o motivo do crime ainda é desconhecido. Francisco Márcio Pinheiro Ferreira trabalha vendendo CDs.