Tribunal Regional Eleitoral do Ceará inicia revisão eleitoral com biometria em Pedra Branca

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará realizou audiência pública na manhã desta sexta-feira, 21/7, em Pedra Branca, marcando o início dos trabalhos de revisão eleitoral com biometria no município da 59ª Zona Eleitoral, que tem 36.578 eleitores.

A audiência pública foi conduzida pelo vice-presidente do TRE-CE e corregedor regional eleitoral, desembargador Haroldo Correia de Oliveira Máximo, e aconteceu no auditório da Câmara Municipal, na presença do juiz substituto da 59ª Zona Eleitoral, Roberto Nogueira Feijó, do prefeito de Pedra Branca, Antônio Góis Monteiro Mendes, além de servidores da Justiça Eleitoral, que detalharam os principais aspectos da biometria.

O desembargador Haroldo Máximo alertou as autoridades do município para a importância de se divulgar entre os eleitores a necessidade do comparecimento ao cartório eleitoral: “Todos devem respeitar os prazos e estimular os eleitores a comparecerem ao cartório eleitoral para a coleta dos dados biométricos a fim de que o seu título não seja cancelado”. Em Pedra Branca, o prazo para o recadastramento biométrico obrigatório termina no dia 28 de fevereiro de 2018.

O TRE-CE esclarece ainda que, para o conforto dos próprios eleitores, há necessidade de agendar o atendimento, através do telefone 148 ou no site do tribunal, no link.

A meta do TRE-CE é recadastrar cerca de 75% do eleitorado do estado até as próximas eleições e atingir 100% em 2020. Para o ciclo 2017-2018, 69 municípios passam pelo processo de revisão biométrica. Até as eleições de 2018, 131 dos 184 municípios do Ceará atingirão 100% do eleitorado recadastrado com biometria.