Transtorno: Cagece volta a esburacar a cidade de Quixadá e Prefeitura fica omissa ao problema

 

Trecho da Ruas Tabelião Eneias (esquina com Larte Pinheiro até Basílio Pnto) ficou apenas os buracos (foto: RC)

Região Central: A maldita herança deixada pelas empresas Marsilop e Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará-Cagece, responsáveis pela construção do saneamento básico, que até hoje não foi concluído, ainda é sentida pela população de Quixadá. As obras passaram por centenas de ruas, as quais nunca mais receberam pavimentação asfáltica ou novos paralelepípedos.

De 2008 até 2018, Quixadá sofreu com gestões que foram incapazes de consertar todos esses estragos deixados, bem como, nunca os prefeitos cobraram na justiça para que a CAGECE tampasse os buracos em quase todas as vias públicas. Os prefeitos não deram ou dão prioridade na parte urbanística. Quem tem veículo sabe os exatos números dos prejuízos causados.

Trecho da Rua Larte Pinheiro ficaram as marcas das obras (foto; RC)

Sai, entra prefeito e a reclamação de quem precisa trafegar ou caminhar pelas ruas é unânime: as ruas estão esburacadas e a desculpa sempre é a mesma. João Hudson culpava seu antecessor, o ex-prefeito Rômulo Carneiro. Agora, Ilário usa o mesmo argumento que recebeu a cidade esfacelas pela buraqueira, no entanto, dois anos de administração o problema continua sem solução e a tendência é agravar com a quadra chuvosa.

A atual administração prometeu após as chuvas de 2018, fazer uma revolução na parte urbanística com anuncio de milhões de reais, mas quase nada foi feito. Agora, culpa-se a omissão em virtude do afastamento de Ilário Marques e até a gestão interina que só passou três meses.

No meio de tantas desculpas esfarrapadas, a Cagece voltou a quebrar e deixar buracos nas vias de Quixadá. Ruas como Laerte Pinheiro e Tabelião Eneias, Avenida Plácido Castelo etc. receberam substituição de canos do sistema de abastecimento d’água, enquanto isso, a Cagece termina o serviço e deixa o problema para a Prefeitura.

Obras no cruzamento da Rua Aderaldo de Sousa com a Avenida Plácido Castelo (foto: RC)

Em 2018, Quixadá recebeu do governo estadual o projeto Sinalize, que pavimentou parte das Av. Francisco Pinheiro de Almeida e José Caetano, Ruas Paraguai, Rua Alzira Fernandes de Costa, Rua Sigefredo Edmilson Pinheiro e Rua dos Voluntários, Dom Lucas e Rua Sólon Viana.

Em 2016, durante a gestão interina de Welington Xavier-Ci, a rua Aderaldo Ferreira, no bairro Triângulo recebeu pavimentação asfáltica. Lá, a Cagece já fez várias obras, deixando os buracos para o prejuízo da população.

A Prefeitura Municipal de Quixadá se mantém omissa em relação os prejuízos causados pela Cagece. Nenhuma ação é adotada visando o bem-estar da população.

Veja como a Cagece deixou um trecho da Avenida Plácido Castelo: