Tomaz Holanda lamenta exclusão de Quixeramobim da lista de curso de medicina

tomaz_holanda_paraqO deputado Tomaz Holanda (PPS) lamentou, nesta quinta-feira (03/08), durante o tempo de liderança da sessão plenária, o fato de o município de Quixeramobim não estar na lista de municípios sede do curso de Medicina. O Ministério da Educação (MEC) confirmou, na quarta-feira (02/08), a abertura de cinco novos cursos de Medicina nas cidades de Crateús, Iguatu, Itapipoca, Quixadá e Russas.

MEC autoriza cursos de Medicina para Iguatu, Quixadá, Crateús, Itapipoca e Russas, segundo presidente do Senado

O parlamentar lembrou que, em 2016, Quixeramobim teria sido um dos municípios aptos e credenciados a implantarem a faculdade pelo então ministro da Educação, Aloísio Mercadante. O parlamentar disse que ficou feliz com as cidades contempladas, mas triste com a notícia para Quixeramobim.

Segundo Tomaz Holanda, a implantação da faculdade simbolizaria uma das maiores conquistas da história do município e iria, juntamente com o Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), alavancar o desenvolvimento. “Sabemos da importância da faculdade de Medicina, mudando o perfil socioeconômico de qualquer região”, disse, destacando o empenho das lideranças locais para levar o equipamento.

O parlamentar garantiu que vai dar continuidade à luta. “Já estamos mobilizando as lideranças da cidade e a população e vamos fazer caravana a Brasília para buscarmos o que é nosso, que foi garantido, que é um importante equipamento para Quixeramobim”, adiantou.

LS/AT