RC TV: Homem foi derrubado da parede do açude Cedro, escapou, mas seu cachorrinho morreu; conheça essa história

A parede do açude Cedro com uma bela paisagem deixou marcas no corpo e na alma do senhor Luiz Alberto, um salva-vidas que trabalha há vários anos naquele local, mas um fato lhe deixa emocionado e que ainda causa fortes remoços.

Uma tarde de domingo, 13 de maio do ano de 1972, ele viveu uma história que nunca esqueceu e até hoje se emociona ao contar aquele momento. Olhando para aquela bela paisagem, você não pode imaginar o que já aconteceu: você acredita em milagre ou em sorte?

Realmente foi um milagre, diz uma popular, enquanto a outra acredita que o Senhor Luiz Alberto nasceu de novo.

Vamos desvendar esse mistério e conhecer mais de perto o autor que viveu em 1972, uma história sinistra que conheceremos de perto o seu Luiz.

Para a vítima foi uma tragédia que aconteceu, diz que ainda doe ao relembrar aquele dia, “tristeza”, assim classifica o trágico momento. Luiz Alberto estava bebendo com um amigo, quando eles começaram uma brincadeira, momento em que o amigo disse que iria lhe jogar da parede e assim o fez.

Alberto Luiz imaginava que seria apenas uma brincadeira, mas ao acordar já estava lá em baixo. A queda não ocorreu no lado da água, mas no outro lado, causando-lhe fratura em algumas costelas e na clavícula, perdendo os sentidos.

Amigo do homem

Conta ainda, que seu cachorro também estava na parede, ao ver seu dono caindo, o animal acabou pulando da parede, tendo morte imediata. A tristeza foi tão grande que até hoje Alberto não cria mais cachorro.

Assista esta história na RC TV – programa ao vivo toda terça-feira, às 19h!