Quixadá receberá duas usinas de geração de energia solar, em fazenda do distrito de Várzea da Onça

O projeto de instalação de duas usinas de geração de energia solar será apresentado em audiência pública, nesta quinta-feira (5), em Quixadá. O complexo está projetado para ser construído na localidade de Barbosa, distrito de Várzea da Onça, numa área de 312,5 hectares da fazenda Lagoa do Junco. Ao entrar em operação, as usinas terão capacidade de fornecer ao sistema 101,2 MW, o equivalente à demanda de 85 mil residências.

A audiência é parte das exigências da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) para licenciar o empreendimento. Durante o encontro, moradores alcançados pelo complexo poderão tirar dúvidas com a empresa interessada, a SWS Investimentos em Energia LTDA, e fazer sugestões ao projeto. A audiência será realizada a partir de 10 horas, na Câmara de Vereadores de Quixadá (Travessa Tiradentes, 515 – Centro).

“Depois de debatido em audiência, o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental – EIA/RIMA do complexo fotovoltaico de Quixadá serão submetidos à análise do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema)”, explicou o coordenador da audiência e técnico da Semace, Ademar Almeida. “O Coema pode aprovar ou não, pedir novas informações ou sugerir mudanças”, completou o coordenador.