Quixadá: Menina de 10 anos canta ‘Asa Branca’ no Açude Cedro e vídeo viraliza

Sanfoneira Deisielly do Acordeon, de Ocara (foto: Chico Javali)

Jovem sanfoneira gravou o vídeo para chamar atenção para a seca. Menina diz que sonha ser cantora profissional. As imagens são de Chico Javali.

A simplicidade de uma menina de 10 anos cantando e tocando a música “Asa Branca” em meio ao cenário da seca no Ceará foi compartilhada e viralizou nas redes sociais. O vídeo da jovem sanfoneira Deisielly do Acordeon, gravado no Açude Cedro sábado (14), tem mais de 1.500 visualizações em sua página do Facebook. A canção é considerada um hino do sertão e foi composta por Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, em 1947.

Filha de agricultores, Deisielly canta há dois anos e seu talento chamou atenção dos moradores da cidade de Ocara, no interior do estado. Neste ano, a sanfoneira fez sua primeira apresentação no Encontro dos Profetas das Chuvas, realizado no município de Quixadá.

Após a apresentação, a garota gravou um vídeo cantando Asa Branca dentro do Açude do Cedro, que está praticamente sem água em consequência da seca. Segundo o professor João Paulo Maciel, que acompanha a carreira da jovem, o vídeo foi feito para chamar atenção para a situação de seca no açude que abastecia a região.

“Fiquei muito admirado com o talento dela na escola. Ela é muito carismática e talentosa. Tanto é que recebeu o convite para cantar no encontro. Depois, foi gravado o vídeo para chamar atenção para a situação do açude e também para divulgar o talento”, disse o professor João Paulo Maciel, que acompanha a garota.

Deisielly diz que tem o sonho de um dia se tornar uma cantora. A menina resume com poucas palavras o sentimento de cantar e tocar sanfona, que é o seu instrumento preferido. “Gosto muito de cantar e tocar sanfona, ainda mais a música Asa Branca. A apresentação no Encontro das Sanfonas foi muito boa e quero ir de novo”.

O vídeo é de Chico Javali

Dificuldades

O professor João Paulo Maciel comenta o início das apresentações foi difícil, pois a família de Deisielly não tinha condições financeiras para comprar uma sanfona. Porém, amigos e familiares da menina realizaram diversos eventos na cidade e conseguiram arrecadar dinheiro para comprar o instrumento.

Agora, os familiares tentar conseguir patrocínio para que a pequena cantora volte a estudar em um curso especializado de música na cidade de Guaiúba.

Seca

O Ceará sofre com os efeitos da seca há quase seis anos seguidos. Os chamados “profetas da chuva“, pessoas que fazem o prognóstico chuvoso com base em elementos da natureza, estão otimistas de que haverá bom inverno em 2017.

Erasmo Barreira, que participou de todas as edições do encontro Anual dos Profetas da Chuva, em Quixadá, diz estar “bastante empolgado” com a previsão. “Quando for em julho, ninguém mais vai falar em problema d’água no Nordeste”, diz.

O prognóstico de chuvas da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) ainda não foi divulgado.

Do G1 Ceará