Prefeitos de Mombaça, Choró e Irapuan Pinheiro são recebidos pelo Presidente do Senado

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), recebeu nesta terça-feira (21) o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (APRECE), Gadyel Gonçalves, um grupo de prefeitos cearenses e o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Roberto Ziulkoski. Na pauta do encontro, projetos de interesse municipais, como o veto 30/2017, que suspende pontos da lei 13.485/2017, que parcela e concede descontos às dívidas previdenciárias dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.

O presidente Eunício colocou a matéria na pauta do Congresso e pretende analisá-la amanhã (22), em sessão do Congresso, marcada para as 17h. O parlamentar informou que busca junto ao governo e base aliada um entendimento sobre o assunto.

Os prefeitos ainda pediram apoio do senador para que, junto ao governo, ele possa reforçar a luta por um crédito extra emergencial para os municípios. Os gestores solicitam aporte de R$ 4 bilhões para que as prefeituras consigam organizar suas finanças até o final do ano.

Estiveram presentes os prefeitos de São Benedito, Gadyel, que também é presidente da Aprece; de Mombaça, Ecildo Filho; de Choró, Marcondes de Holanda; de Potengi, Alizandra; de Tianguá, Luís Menezes; de Missão Velha, Diego; de Guaraciaba, Adail Machado; de Nova Olinda, Afonso Sampaio; de Irapuan Pinheiro, Luiz Claudenilton; de Jaguaribara, Juju; e de Ererê, Toinho.

De acordo com o prefeito de São Benedito e presidente da Aprece, Gadyel Gonçalves, muitas prefeituras estão com dificuldade de fechar suas folhas de pagamento e de pagar o 13º salário dos funcionários. Para ele, o esforço de Eunício para a derrubada do veto ao dispositivo que permitiu a redistribuição do ISS para o local do consumo, direcionando mais recursos para os municípios, sinaliza a dedicação do parlamentar em defender a pauta municipalista.

Com informações com Ascom