Pacotão Imoral: População de Ibaretama reage e prefeito retira projetos que criavam secretarias e cargos

O prefeito Francisco Edson de Moraes(PMDB) continua acuado e governando sob fortes criticas a sua gestão. Nesta semana que passou, ele acabou comentando mais um grande equívoco que abalou ainda mais a sua popularidade, ao tentar criar cargos e secretárias, para supostamente, acomodar seus aliados. O caso foi denunciado pelo portal RCPacotão Imoral: Prefeito de Ibaretama tenta criar secretarias e vários cargos comissionados para aliados.

A ação do prefeito do PMDB, partido de Michel Temer, Renan Calheiro e de Eduardo Cunha, causou revolta entre os moradores de Ibaretama. Nas redes sociais as critica foram intensas. Criar cargos e secretarias é aumentar gastos públicos, retirando assim dinheiro que poderia ser gasto em prol do bem comum.

A base de oposição na Câmara Municipal de Ibaretama reagiu ao pacote classificado como imoral. Até vereadores ligados ao prefeito criticaram a ideia. Sem alternativa, o prefeito Edson Moraes retirou os projetos de pautas.

O único projeto que não foi retirado da pauta, é projeto de Lei 012/2017 que pede que a Câmara autorize a contratação temporária de profissionais por 12 meses para todas as secretarias a critério da administração municipal. O vereador Til (PT) pediu vista para análise.