Obras do estádio de Banabuiú paralisadas há mais de 5 anos são retomadas, diz prefeito

Baquit, prefeito Edinho Nobre, representante da CEF e o presidente da Câmara, Gilson (foto: RC)

O prefeito do Município de Banabuiú, Edinho Nobre, assinou juntamente com o Gerente Executivo da Caixa Federal no Ceará, Celso Neres, convênio para a continuação das obras do estádio municipal, que estavam paralisadas há mais de 5 anos. A assinatura ocorreu no auditório da Câmara dos Vereadores, contando com a presença do presidente do legislativo, Gilson Fernandes e demais vereadores, além do deputado estadual Osmar Baquit.

O representante da Caixa explicou que a obra foi liberada em 2009, mas estava paralisada por ingerência dos administradores, porém, 60% dos recursos já foram destinados e gastos. O Estádio orçado em mais de R$ 500 mil reais estava coberto por um matagal. “Vamos restabelecer aplicando pouco mais de R$ 200 mil reais”.

O engenheiro Jair Vasconcelos esclareceu, por ser uma grande obra, essa será etapa inicial, a qual contempla somente o aterro do estádio, meio-fio, traves, gramado, muros e outros ajustes. A gestão buscará recursos para a construção das arquibancadas, banheiros e demais infraestrutura.

O deputado Osmar Baquit avalia que uma obra há cinco anos paralisada, causa sérios prejuízos para a população e para os cofres públicos.  “Era para essa obra está servindo aos esportistas de Banabuiú”. Osmar destinou R$ 130 mil de emenda parlamentar para a iluminação do estádio.

O prefeito Edinho Nobre disse que procurou a CEF por várias vezes com o objetivo de resgatar os recursos para o estádio, por saber de sua importância porque “o povo de Banabuiú é apaixonado por futebol”. No ato, o gestor anunciou o contrato para a restauração do ginásio esportivo, emenda do deputado Chico Lopes.

Obras do estádio municipal estavam paralisadas há mais de 5 anos (foto: RC)