Número de acidentes nas rodovias federais do Ceará cai 13,10% em 2018, aponta balanço da PRF

A Polícia Rodoviária Federal divulgou balanço nesta segunda-feira (4) que mostra uma redução de 13,10% no número de acidentes nas rodovias federais que cortam o Ceará no ano de 2018.

Em 2017, foram registrados 1.953 acidentes contra 1.697 no ano passado. Também foi contabilizada redução de 5,26% no número de mortes (180 em 2018 contra 190 em 2017) e de 2,62% no número de feridos quando comparado o mesmo período (1.123 contra 1.154).

A maior parte dos acidentes registrados nas rodoviais federais cearenses ocorreu nas BR’s 116, 222, 020 e 304.

Entre as principais causas estão, respectivamente, a falta de atenção, a desobediência às normas de trânsito, não guardar distância de segurança, a ingestão de álcool e a velocidade incompatível da rodovia.

Fiscalização de veículos
Quase 300 mil pessoas e mais de 317 mil veículos foram alvos de fiscalização por parte de agentes da Polícia Rodoviária Federal em 2018. Foram 117.777 autuações observadas nas rodovias federais do Ceará.

Entre as principais infrações estão: transitar em velocidade superior à máxima permitida, deixar de manter acesa luz baixa nas rodovias federais durante o dia, ultrapassar pela contramão e conduzir veículo registrado que não esteja devidamente licenciado.

Confira outras infrações divulgadas no balanço:

12.497 ultrapassagens indevidas;
144.286 veículos trafegando em excesso de velocidade;
2.124 autuações por falta do uso do cinto de segurança, tanto pelos motoristas quanto pelos passageiros;
300 veículo foram flagrados transportando crianças sem o dispositivo apropriado de retenção;
528 veículos foram flagrados circulando com excesso de peso (de acordo com a polícia, cerca de três toneladas de excesso foram retiradas das rodovias federais).

Combate ao crime
O número de apreensões de cigarros nas rodovias federais cearenses cresceu 105,56% em 2018 em relação ao mesmo período de 2017. Foram apreendidos 2.107 pacotes de cigarros.

Além disso, cerca de 409 kg de droga foram retiradas de circulação. 847 veículo foram recuperados ou apreendidos durante as ações de combate ao crime, e 678 pessoas foram detidas por diversos crimes, sendo o mais comum o crime de trânsito.

Educação para o trânsito
Ações educativas para orientar condutores, passageiros e pedestres atingiram 67.203 pessoas em 2018, de acordo com a PRF.

Segundo a corporação, as ações visam mudar o comportamento por meio da apresentação dos riscos inerentes ao trânsito e o estímulo à adoção de pequenas escolhas que podem resguardar a vida ou diminuir as possíveis lesões causadas por acidentes de trânsito.

Conteúdo: G1 CE