Motoristas rodoviários paralisam atividades em Fortaleza e Juazeiro do Norte

Motoristas rodoviários paralisam as atividades em Fortaleza, gerando atrasos nas partidas dos ônibus. (Foto: João Pedro Ribeiro)

Os motoristas de ônibus intermunicipais paralisaram as atividades nesta quarta-feira (20) na Rodoviária Engenheiro João Tomé, em Fortaleza, e no terminal rodoviário de Juazeiro do Norte. Segundo a administração da Rodoviária Engenheiro João Tomé, o ato começou por volta das 18h e afetou a saída de todos os outros ônibus, que partiam com atrasos de mais de uma hora.

O motivo da paralisação foi a falta de acordo nas negociações de condições trabalhistas entre o Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transporte Rodoviário de Passageiros Intermunicipal e Interestadual (Sinteti) e o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Intermunicipal e Interestadual do Ceará.

O sindicato laboral colocou que, as negociações já se estendiam por três meses e que rejeitaram a proposta que reduz a jornada de trabalho dos rodoviários de 44h para 18h semanais. Os sindicalistas preveem que os salários terão uma redução de mais de 50%.

Ainda segundo o Sinteti, na última reunião de negociação, em 15 de junho, o Sinterônibus propôs reajuste salarial de 3% e aumento no vale refeição em R$0,50 e da cesta básica em R$ 10, desde que a categoria aceitasse a redução na jornada de trabalho e de salários. A proposta foi rejeitada pelos rodoviários, o que motivou a paralisação.

O Sinterônibus ainda não se pronunciou a respeito da paralisação.