Ministério Público recomenda fiscalização e interdição de clubes e bares irregulares em Quixadá

seduma_fiscalizacaoO Ministério Público Estadual do Ceará enviou recomendação a Prefeitura Municipal de Quixadá, para que esta faça uma rigorosa fiscalização nos clubes, boates, casas noturnas, bares e outros estabelecimentos que fazem eventos festivos ou que vendam bebidas alcoólicas. O objetivo é garantir a segurança dos participantes.

As ações da Prefeitura devem ser concentradas especialmente nas casas de shows, festas e bailes. Recentemente, um dance terminou em vandalismo não apenas em um clube, mas em um extenso trecho da Avenida Plácido Castelo.

A promotora de justiça, Dra. Caroline Jucá Coutinho requer seja verificados as validades de alvarás de funcionamento dos estabelecimentos, além de laudos emitidos pelo Corpo de Bombeiros.

Para a promotora, caso os fiscais encontrem algum clube fora dos padrões, sejam imediatamente interditados.  Alerta ainda a Dra. Caroline Jucá, que o Conselho Tutelar tem livre acessos, e qualquer meio que os impeçam, configura crime.

A Prefeitura Municipal de Quixadá deve iniciar através de seu setor de fiscalização o planejamento das operações.

Tags: