Luto: Morre aos 68 anos, Zé Maria Ferreira, cantor e personalidade ilustre de Quixadá

Zé Maria Ferreira faleceu após sofrer uma parada cardíaca, aos 68 anos.

Região Central: A cidade de Quixadá amanhece nesta sexta-feira (15) de luto com a partida de um munícipe ilustre. Durante sua carreira, José Maria Ferreira passou pelos grupos “Black Banda” e “Banda Azul”. Ele também foi funcionário do extinto Banco do Estado do Ceará (BEC), e atuou como professor em escolas de Quixadá, como o Colégio Amadeu Claúdio Damasceno (CACD). Zé Maria também é pai da cantora Lívia Mara, personalidade bastante conhecida em Quixadá e que carrega em sua voz, traços do seu falecido pai.

A Prefeitura Municipal de Quixadá, lançou uma nota de pesar sobre o falecimento de Zé Maria, confira na íntegra:

“Nota de pesar pelo falecimento do servidor público municipal José Maria Ferreira

A Prefeitura Municipal de Quixadá está em luto. Servidores, gestores públicos e amigos de trabalho se unem neste momento de dor aos familiares do servidor público municipal, José Maria Ferreira, que faleceu na manhã de hoje (15), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em decorrência de infarto agudo do miocárdio (IAM). Zé Maria, como era carinhosamente conhecido, deixa um legado de compromisso com o serviço público municipal, onde exerceu várias funções e sempre se destacou pela ética e boa conduta moral. Também contribuiu durante anos como servidor no setor de Carteira de Crédito Rural do extinto Banco do Estado do Ceará (BEC). “

Zé Maria deixa saudades na classe artística quixadaense. Ligado a música, integrou grupos de grandes sucessos como “Os Monólitos” e a famosa “Black Banda”.

O prefeito de Quixadá, Ilário Marques, lamentou a perda de seu amigo, decretou luto oficial e cancelou todas as agendas institucionais do Gabinete do Prefeito previstas para o dia.

Ainda não foram divulgadas informações sobre o velório e a sepultura. A partida de Zé Maria deixa família e amigos abalados. Quixadá está de luto e lamenta sua morte.