Livre e espontânea pressão: Cooperados vão trabalhar no feriado em Quixeramobim

A cidade de Quixeramobim, região Central do Ceará tem uma grande quantidade de pessoas empregadas nas denominadas cooperativas, gerando renda para este município, todavia, constantemente quem trabalha nesses locais reclamam das condições de trabalho.

Os cooperados são submetidos a tratamentos incompatíveis com a lei das cooperativas, na verdade, a relação entre os que lá trabalham e aqueles que mandam nada tem haver com cooperativa, trata-se de empresas que submetem trabalhadores como se cooperados fossem, mas todos tem ordem as chefes.

Nesta quarta-feira, 01, os diretores passaram dos limites da razoabilidade e resolveram determinar que os cooperados assinassem um termo, para que os cooperados trabalhem em pleno feriado de Finados. O termo diz que é livre e espontânea a vontade do trabalhador, caso assine, mas eles alegam que na verdade trata-se de livre e forçada pressão.

Sem alternativa, muitos assinaram com medo de “demissão”, tal documento foi obtido pelo portal Revista Central. Vários cooperados mandaram mensagens, pedindo que se fosse denunciado. Eles dizem ainda que tem medo de represália e acrescentam que em outubro, ocorreu fiscalização do Ministério do Trabalho e muitos cooperados denunciaram a forma de tratamento os quais são submetidos.

Os trabalhadores alegam que não se tratam de cooperativas, mas de empresas, assim requerem assinaturas suas carteiras de trabalho, consequentemente o recolhimento do FGTS e demais garantias trabalhistas.