Instituições de Ensino Superior sediadas em Quixadá manifestam apoio e solidariedade a FECLESC

Região Central: As Instituições de Ensino Superior públicas e privadas, sediadas em Quixadá, enviaram nota à imprensa em repúdio, que as consideram desrespeitosas acusações que foram feitas à Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central (FECLESC/UECE) e aos servidores que ali trabalham. Um veículo de imprensa local teria publicado que na Feclesc havia uma sala reservada para uso de drogas.

Os diretores de todas as faculdades de Quixadá manifestaram sua indignação. Prof. Dr. Davi Romero de Vasconcelos – Diretor – UFC/Quixadá; Prof.ª Dra. Andréia Libório Sampaio – Vice-Diretora – UFC/Quixadá; Prof. Esp. Francisco Helder Caldas Albuquerque – Diretor – IFCE/Quixadá; Prof. LD. Manoel Messias de Sousa – Reitor – UNICATÓLICA/Quixadá; Prof. Me. Renato Moreira de Abrantes – Vice-Reitor – UNICATÓLICA/Quixadá; Sr. Ciro Gomes Magalhães – Diretor Geral – Faculdade Cisne/Quixadá; e Prof.ª Me. Vânia Maria Lopes Venâncio – Diretora Acadêmica – Faculdade Cisne/Quixadá.

A FECLESC foi a primeira Instituição de Ensino Superior instalada em Quixadá, gestada em 1976 e encampada pela UECE em 1983, configurando-se como o marco da união de todos os quixadaenses, em favor da interiorização do ensino superior da região. Seu objetivo institucional foi e continua sendo a formação de profissionais de educação não só comprometidos com o desenvolvimento cultural e social do Sertão Central, mas, também, empenhados em reduzir as desigualdades sociais, ainda tão presentes em nosso meio.

Conforme a nota: “ao longo destes 35 anos de existência, a contribuição da FECLESC é inestimável, haja vista a entrega para a sociedade cearense de milhares de professores, os quais, compartilhando o cotidiano sofrido de nossa gente, exercem tão sublime sacerdócio no altar das salas de aula dos ensinos fundamental, médio e superior”.

Composta por docentes da mais alta qualidade acadêmica (86 professores mestres e doutores), a FECLESC posiciona-se na vanguarda do ensino superior ao ofertar, em sua sede, além de 08 cursos graduação, 04 cursos de pós-graduação stricto sensu, em nível de mestrado. Seus discentes, oriundos de diversas cidades do Sertão Central cearense, destacam-se sob os mais diversos aspectos, conscientes do papel a que, desde já, são chamados a desempenhar.

“Portanto, qualquer ato ou palavra que macule a história e os méritos da Instituição, bem como o valoroso trabalho dos gestores da FECLESC, dos seus professores, funcionários e alunos, traz consigo, no mínimo, o pleno desconhecimento do que seja esta Instituição.” Continua a nota de repudio assinadas pelos diretores das instituições.

“Desta forma, nós, gestores das Instituições de Ensino Superior públicas e privadas sediadas em Quixadá/CE, abaixo firmados, levamos a conhecimento público o nosso repúdio às desrespeitosas manifestações que recentemente foram direcionadas à FECLESC, professores e alunos, através de redes sociais e de meios de comunicação locais.”

Ao mesmo tempo, foi expressado total apoio e solidariedade à Instituição e à sua alta administração, nas pessoas do Prof. Me. Luiz Oswaldo Santiago Moreira de Souza, Diretor, e Prof. Dr. Makarius Oliveira Tahim, Vice-Diretor.

“ Na qualidade de educadores, conclamamos o povo de Quixadá e do Sertão Central do Estado do Ceará a unir-se em torno dos que, dia e noite, não estão economizando suas energias para, através da educação, construir uma sociedade mais justa, fraterna e solidária, embasada nos valores e princípios democráticos da cidadania e do respeito à pessoa humana e à sua dignidade.”

Leia a nota na íntegra aqui