tera, 22 julho de 2014

Estou Em: Polícia Polícia - Quixadá Garota de 14 anos alega ter sido estuprada por agricultor em Banabuiú
Informax_animado

Garota de 14 anos alega ter sido estuprada por agricultor em Banabuiú

E-mail Imprimir PDF
planto_de_policia_regional

argaiv1498

Homem queria saber se garota de 14 anos era virgem e acabou sendo detido em Banabuiú.

Os pais de uma adolescente de apenas 14 anos de idade acusam um jovem de 26 anos de estupro no município de Banabuiú, no Sertão Central cearense. O acusado foi detido, mas liberado por supostamente não ter estuprado a menor.

Acompanhada de seu genitor, a menor residente na localidade de Caraúbas, 30 km da zona urbana, relatou que na madrugada havia sido estuprada por um agricultor de 26 anos e residente na localidade de Barra do Sitia.

O acusado foi detido em sua residência e conduzido a Delegacia Municipal de Polícia Civil para os procedimentos legais. Conforme o escrivão Breno, o homem confessou ter mantido relação sexual com a menor, mas negou ter estuprado, afirmou ainda que transou com permissão da menor.

“Ele usou de artificio para manter a relação, queria saber se ela era realmente virgem e para provar a menor acabou permitindo o ato”, disse a autoridade policial. A menor teria confessado a versão do acusado.

O caso foi registrado por portaria. O acusado foi liberado e ficará a disposição da Justiça.

Senador Pompeu

Um indivíduo foi lesionado com vários golpes de faca nas costas, um no peito esquerdo, um nas costelas e um no abdome. A PM não soube informar o motivo da agressão. A vítima foi transferida em estado grave para o IJF.

O crime ocorreu na Barra do Patú, próximo à ponte do Trem. Dois homens são apontados como autores do delito, identificados por Michel e Tiago.


Mais Informações:
Delegacia Municipal  de Banabuiú (12° Região)
Avenida Queiroz Pessoa, 538  - Centro

Fone: (088) 3426.1190



Adicionar comentário

AVISO: todo e qualquer comentário publicado na internet por meio do portal REVISTA CENTRAL não reflete, obrigatoriamente, a opinião deste portal. Os textos publicados são de exclusiva, integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O portal REVISTA CENTRAL reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou, de alguma forma, prejudiciais a terceiros. Informamos ainda que poderá haver moderação dos comentários, visando garantir a privacidade das informações. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação (nome e endereço válido de e-mail) também poderão ser excluídos. Informamos que todos os comentários ficam registrados a numeração de IP.


Código de segurança
Atualizar

Julho


Compartilhe