Gratuito: Quixadá recebe ação de teste rápido de HIV sexta e sábado na Praça José de Barros

Nesta sexta-feira (9), e sábado (10), das 8 às 13 horas, a Secretaria da Saúde do Ceará realizará mais uma mobilização “Fique Sabendo” para testagem rápida do HIV e sífilis. A ação ocorrerá na Praça José de Barros, Centro, Quixadá, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e a Coordenadoria Regional de Saúde (Cres). Além do teste rápido, a população receberá camisinhas, orientações sobre prevenção, aconselhamento pós-teste e encaminhamento para o serviço de referência HIV/Aids.

O teste do fluido oral é um teste rápido, de triagem, disponibilizado pelo Departamento de Infecções Sexuais Transmissíveis (IST), Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde. Esse teste detecta anticorpos contra o HIV no fluido oral da pessoa. O exame fornece o resultado que pode ser analisado a olho nu, em até 30 minutos, e pode ser executado em qualquer local.

O vírus HIV, causador da Aids, ataca o sistema imunológico, que é responsável por defender o organismo. Para se proteger do HIV, existem várias alternativas. A mais simples é usar a camisinha nas relações sexuais. Além do HIV, ela protege contra as mais diversas infecções sexualmente transmissíveis, como sífilis, gonorreia, clamídia e hepatite B.

A sífilis é uma doença infecciosa causada pela bactéria Treponema pallidum e pode se manifestar de forma temporária, em três estágios. Os principais sintomas ocorrem nas duas primeiras fases, período em que a doença é mais contagiosa. O terceiro estágio pode não apresentar sintoma e, por isso, dá a falsa impressão de cura da doença. Sem o atendimento adequado, a doença pode comprometer a pele, os olhos, os ossos, o sistema cardiovascular e o sistema nervoso. Se não tratada, pode até levar à morte.

Este ano, de acordo com a atualização semanal das doenças de notificação compulsória, até a semana epidemiológica 22, foram confirmados 243 casos de HIV, 147 de AIDS, sendo 56 óbitos. Em relação às notificações de sífilis, foram confirmados 314 casos de sífilis congênita e 335 em gestantes.

Rede de assistência

A qualidade da assistência prestada nos serviços de saúde e o diagnóstico precoce são as principais estratégias para a redução mortalidade e morbidade à Aids. No Ceará funcionam 28 Serviços de Assistência Especializada em HIV/Aids (SAE), em 15 municípios. O objetivo destes serviços é prestar um atendimento integral e de qualidade aos usuários, por meio de uma formada por médico infectologista e profissional de enfermagem. Em alguns serviços, a equipe é composta também de assistente social e psicólogo. Além do tratamento para o HIV/Aids, também é realizado testes para detecção do HIV e sífilis, como outros exames necessários para o melhor acompanhamento do paciente e a dispensação de medicamentos antirretrovirais.
Serviço

Mobilização “Fique Sabendo” para testagem rápida do HIV e sífilis
Período: 9 e 10 de junho de 2017
Horário: 8 às 13 horas
Local: Praça José de Barros, Centro, Quixadá

Assessoria de Comunicação da Sesa
Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel (85) 3101.5221 / 3101.5220