Forças de segurança capturam suspeito de latrocínio de ajudante de caminhoneiro, em Pedra Branca

Policiais civis de Pedra Branca e Tauá, com apoio de militares do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e da Guarda Civil Municipal (GCM) de Pedra Branca, localizaram e capturaram um adolescente apontado como partícipe no crime de latrocínio que vitimou um ajudante de caminhoneiro. O crime foi registrado na última terça-feira (19), na localidade Serra do Belém, que fica na divisa entre os municípios de Independência, Pedra Branca e Tauá. O menor de 14 anos foi apreendido por força de um mandado de busca e apreensão, nesta sexta-feira (22). Um segundo suspeito foi identificado e é procurado pela Polícia.

Em diligência para capturar os suspeitos do crime, os policiais civis levantaram informações que indicavam a participação do menor de 14 anos na prática criminosa contra o ajudante de caminhoneiro, Luís Carlos Pinheiro dos Santos (33). Com base nas apurações, foi solicitado junto ao Poder Judiciário a apreensão do menor, cujo mandado de busca e apreensão foi cumprido hoje. O infrator foi abordado próximo à localidade de Santa Cruz do Banabuiú, mais conhecida por “Cruzeta”, na mesma região onde o crime aconteceu.

O menor foi levado para prestar esclarecimentos na Delegacia Municipal de Pedra Branca, onde em depoimento, confessou a participação. Ele foi autuado por ato infracional análogo ao crime de latrocínio. Conforme apurações, o segundo suspeito já foi identificado e é procurado pela Polícia. As investigações sobre o crime continuam em andamento.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização do segundo suspeito. As denúncias podem ser feitas pelos números (88) 3437-1888, da Delegacia Regional de Tauá; ou (88) 3515-1599, da Delegacia Municipal de Pedra Branca, ou ainda pelo número (88) 99947-1321, o WhatsApp da Delegacia de Pedra Branca. O anonimato e o sigilo são garantidos.

O crime

Luís Carlos Pinheiro dos Santos (33) foi atingido por um disparo de arma de fogo quando ele e outro homem trafegavam em um caminhão na região conhecida como “Cruzeta”. Na ocasião, indivíduos armados tentaram roubar o veículo, mas o condutor empreendeu fuga do local, quando os infratores efetuaram os disparos. O ajudante de caminhoneiro chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu ao ferimento e veio a óbito.