“Farra dos caixões”: Prefeitura de Ocara pretende comprar quase R$ 350 mil em urnas funerárias

Print dos dados no site do Tribunal de Contas do Estado do Ceará-TCE/CE

Região do Maciço:  A prefeita municipal de Ocara, Amália Lopes de Sousa, abrirá os cofres da sua gestão, não para investir em saúde, que por sinal, há inúmeras reclamações chegando a redação, mas para gastar em caixões para defuntos. Uma licitação chama a atenção pelos números e volume que deverá ser gastos. Os dados são do TCE/CE.

Considerado como um serviço essencial, especialmente voltado para as famílias hipossuficientes que perdem seus entes queridos, a gestão de Amália Lopes de Sousa quer extrapolar os limites da razoabilidade e do bom senso.

Conforme os documentos do TCE/CE, informados pela própria gestão, a funerária “Paz Infinita”, de razão social Francisca Eliane de Almeida Barros – ME, CPF/CNPJ: 17.350.451/0001-51, localizada na cidade de Maracanaú, deverá embolsar mais de trezentos e trinta mil reais somente nos próximos 12 meses.

A funerária “Paz Infinita” deverá vender a Prefeitura de Ocara 370 caixões, sendo urnas para bebes medindo 50cm, o valor será de R$ 13.200,00 reais; R$ 16.480,00 reais em urna funerária infantil medindo 1,40cm; R$ 175.000,00 em caixões para adultos medindo 1,90cm; e mais R$ 50.000,00 reais caixões de 1,90cm a 2,10cm. A funerária deverá cobrar ainda por serviços de translado o valor de R$ 76.000,00 reais.

Acesse outras informações

O valor total da licitação será de R$ 330,680 (trezentos e trinta mil seiscentos e oitenta reais). Com esse valor, tudo indica, que até o fim do ano, muitas pessoas pobres serão mortas. Em quase todas famílias existem planos funerários., razão, que este processo licitatório merece investigação do Ministério Público.

A “farra dos caixões” em Ocara é sem dúvida mais uma ação desastrosa da gestão, que aparentemente não tem seguido uma linha da razoabilidade.

Ocara realiza a tradicional festa das almas, no dia de finados, resta saber se a gestão pretende comemorar os números de caixões usados ou pagos, no evento.

Veja os detalhes

Tags: