Extraconjugal:Pistoleiro faz ameaça ao amante da esposa e é assassinado em emboscada no Vale do Jaguaribe

Luan Torquato, o “Gago”: morto numa emboscada no Assentamento Mandacaru II, na zona rural de Jaguaribara na tarde desta segunda-feira

Vale do Jaguaribe: Diligências desencadeadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará, por meio da Delegacia Municipal de Jaguaretama, resultaram na elucidação de um homicídio ocorrido no início desta semana. Conforme apurações, a motivação do crime foi um caso extraconjugal entre a companheira da vítima e o autor do crime. Sentindo-se pressionado com a ação policial, nessa terça-feira (27), o homem se apresentou à PCCE.

Conforme o delegado Karlus Kleber, o crime ocorreu na segunda-feira (26). O pistoleiro Luan Torquato Rocha (19) – conhecido por “Gago” – descobriu uma traição da companheira e começou a ameaçar o amante dela. O homem posteriormente se tornaria o autor do homicídio. “Gago” foi morto com disparos de arma de fogo, e após o fato, a Polícia Civil fez as investigações, realizadas com o apoio do delegado Carlos Eduardo da Delegacia Regional de Jaguaribe, que culminaram na identificação do homicida – sem antecedentes criminais.

Ele se apresentou à Delegacia Municipal de Jaguaretama, onde foi ouvido no inquérito policial. Agora, ele responderá pelo crime de homicídio doloso.

O assassinato do pistoleiro ocorreu no Assentamento Mandacaru II, na zona rural do município de Jaguaribara, onde Luan Torquato Rocha, caiu numa emboscada e foi executado com vários tiros de pistola na cabeça e no tórax, causou medo na população de Jaguaribara e Jaguaretama.

 Luan Torquato, o “Gago”, era membro de uma família composta por quatro irmãos, todos envolvidos em crime no Vale do Jaguaribe. O mais conhecido deles é o Genilson Torquato, criminoso responsável por mais de 30 assassinatos nas cidades de Jaguaretama e Solonópole, e que foi parceiro do também matador de aluguel Lucivando Saraiva Diógenes, o “Gordo do Senhorzinho Diógenes”.

Leia mais: Morte de pistoleiro durante emboscada deixa cidades de Jaguaribara e Jaguaretama em estado de pânico