Escândalo: Câmara de Canindé deve gastar R$ 200 mil reais em conserto de computadores e outros serviços

Caninde_camara_veeadoresRegião Central: mais um escândalo envolve a Camará Municipal de Canindé, o processo licitatório de n° 2018032605-TP/2018, chama a atenção pelos seus numerários além da razoabilidade e especialmente do zelo com a dignidade da coisa pública. Os vereadores não tem dado exemplos de fiscalização. A população trocou apenas os nomes, mas as atitudes desses representantes do legislativo continua a decepcionar uma população sofrida.

No dia 12 de abril à licitação contratou três empresas para prestarem serviços até o dia 31 de dezembro deste ano, ou seja, por apenas nove meses.

A empresa Maria Ivanilda Abreu Sampaio, CNPJ: 21.810.730/0001-28 ficou com o lote 02, que é a prestação de serviços de manutenção de computador (softwares e hardware), manutenção de impressoras (incluindo recarga de cartucho e tonner), instalação, manutenção e configuração de rede interna de distribuição de internet do poder legislativo do município de Canindé-CE, para isto, vai receber o valor de R$ 52.200,00 (cinquenta e dois mil e duzentos reais).

A F j Consultoria, CNPJ: 02.415.510/0001-55, venceu o lote 01 – Serviços de tratamento arquivistico, constante de organização de acervo documental, com registro de informação em sofwere, arquivamento de massa documental, referente a gestão atual e as gestões anteriores, junto à Câmara municipal de Canindé-CE, por apenas este serviço, receberá até o fim do ano R$ 75.150,00 (setenta e cinco mil cento e cinquenta reais).

Já a empresa Canindé Serviços e Assessoria Contábil, CNPJ: 07.797.417/0001-76 é a vencedora do lote 03, que é a contratação para prestação de serviços técnicos de assessoria e consultoria em gestão financeira administrativa em face da responsabilidade e da necessidade da Câmara Municipal de Canindé-CE., por este simples serviço deve embolsar o valor de R$ 75.600,00 (setenta e cinco mil e seiscentos reais).

Nos últimos meses, a Câmara Municipal de Canindé tem deixado à população revoltada. A maioria dos vereadores está a serviço de seus próprios interesses particulares.